Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

Taylor Swift 2.0

Eu fiz a primeira versão (aqui) e agora vou fazer a nova versão (original aqui).

 

1. Blank Space: um livro que você gostou do início e foi perdendo o encanto ao longo da leitura.

O Outlander. No ínicio estava entusiasmadíssima, adoro a série televisiva e estava realmente curiosa, mas à medida que fui ouvindo (em audiobook) fui perdendo cada vez mais o interesse na história. Eu já sou fã da música Taylor Swift muito antes da ribalta dela (o Teardrops On My Guitar vai estar semrpe no meu coração), apesar de não ser assim tão fã dela como pessoa, e adoro este último album dela, até vou fazer este tag a ouvi-lo.


2. Style: um livro que não importa quantas vezes você já leu, sempre vai amar a leitura.

Eu acho que nunca reli nenhum livro. É, que vergonha... Mas vou apostar na trilogia The Infernal Devices.


3. Out of the woods: um livro que você já leu e gostou, mas nunca viu muita gente comentando sobre ele.

O Easy. Vejo imensa gente a falar do Beautiful Disaster, mas como eu li o Easy primeiro, fiquei muito mais encantada com a primeira história (e honestamente acho que está melhor desenvolvida).

 

Vampiros

Eu disse que fazia um post destes, e cá está ele. Existe uma constante muito grande no meu gosto para romance paranormal, e essa constante é denominada 'Vampiros'. Não é que o meu gosto paranormal se sinja exclusivamente a vampiros, mas que é uma grande parte, é. E não, não é simplesmente com aqueles que cintilam ao Sol. Aliás, o meu fascínio com vampiros vem muito antes da onda crepuscular que andou por 2008 dentro. E por isso hoje decidi que havia de vos contar toda uma vida vampiresca com mais de 10 anos, já... AVISO: este post é enorme!

 

 

 

Game of Thrones: S5 Trailer + Expectativas

Na próxima segunda-feira chega aquela altura do ano pela qual montes de gente espera um ano inteiro: finalmente começa a nova temporada de Game of Thrones (PORTUGAL: no syfy às 22h20), finalmente! Antes de mais quero avisar que este post vai ter spoilers, obviamente, por isso se estão a pensar em começar a ver a série (que vale muito a pena), cuidado! Mas não vou só falar da nova temporada, calma, vou também partilhar a minha história à volta desta série (que todos podem ler) e depois sim, a opinião do novo trailer e o que eu espero que aconteça esta temporada (e que quase de certeza não vai acontecer).

 

 

 

The Ruby Circle

 

Autora: Richelle Mead

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse:

Sydney Sage is an Alchemist, one of a group of humans who dabble in magic and serve to bridge the worlds of humans and vampires. They protect vampire secrets—and human lives.
After their secret romance is exposed, Sydney and Adrian find themselves facing the wrath of both the Alchemists and the Moroi in this electrifying conclusion to Richelle Mead’s New York Times bestselling Bloodlines series. When the life of someone they both love is put on the line, Sydney risks everything to hunt down a deadly former nemesis. Meanwhile, Adrian becomes enmeshed in a puzzle that could hold the key to a shocking secret about spirit magic, a secret that could shake the entire Moroi world.

 

Opinião:

Oh my god, finalmente acabou! Quando a reacção de uma pessoa é esta, podem perceber o quão maravilhoso (ou não) foi o livro. Honestamente, li mais por obrigação de que por outra coisa qualquer, já há uns livros que tinha dito que não me tinha ligado tanto a esta série como a Vampire Academy, mas este último livro... Eu não sei se de mim, que li uma trilogia tão maravilhosa antes que agora me custa voltar "ao normal", ou se é a escrita da Richelle que foi piorando ao longo dos livros, ou se sempre foi assim e só agora é que eu vejo o quão terrível é.

 

Keep Calm and Read On

Há já algum tempo que não ponho aqui marcadores, o tempo para os fazer também não tem sido muito, mas hoje decidi partilhar um miminho com vocês. Eu adoro estas coisas do Keep Calm e é claro que não poderia deixar de o ligar com as minhas leituras. Cliquem na imagem para ver o tamanho original e depois é só uardar e imprimir!

keep calm

Segunda Quinzena de Março - KDrama e Séries dos Anos 80

Bem esta segunda semana foi mais complicada para ver filmes. Não vi nenhum xD E as séries, honestamente, parece que anda tudo em hiatus... O TVD decidiu que agora, na melhor fase desde há umas duas temporadas, devia ir fazer umas férias... Grey's Anatomy está tipo WHAT mas ainda não recebi a notificação no warez, por isso estou em modo espera... Bob's Burgers já foi melhor, Modern Family de férias...

 

Enfim, com tanta falta animação tive de me virar para o outro lado do mundo, para a Ásia, mais especificamente para a Córeia do Sul. Eu não sou daquelas fãs que sabe os nomes dos elementos e é super obcecada. Aliás, eu dramas ainda só vi 2, contando com este que vi este mês. Long story short da minha vida como dorameira: eu quis começar a ver KDrama, e vi uns episódios de um chamado Boys Over Flowers, mas não gostei nada de um dos protagonistas e abandonei a coisa. Passado uns meses descobri um do mesmo género, que era o The Heirs (e que eu só mil anos depois descobri que o protagonista era o mesmo actor do Boys Over Flowers) e que eu gostei muito da premissa e vi até ao fim. No The Heirs, havia lá uma personagem, ou melhor um actor, que me deslumbrou um bocado e com o qual eu fiquei totalmente obcecada ao ponto de procurar a filmografia toda. E nisto vi o The Heirs, mas nunca mais vi mais nada. E agora, neste hiatus ridiculo das séries americanas, deu-me para voltar a pesquisar o nome Choi Jin-Hyuk e descubro que ele vai em serviço militar não sei quanto tempo. E pronto, tive de ir ver uam coisinha para me alegrar. E então, escolhi logo o drama em que ele é protagonista, porque se no The Heirs era tão fantástico como personagem secundária...

 

Pág. 2/2