Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

TOTALLY SHOULD'VE BOOK TAG

Há uns dias fiz um tag muito parecido a este, mas agora deparo-me com um spin-off (original aqui) e decidi que também valia a pena. Vamos lá!

 

1. Totally should've gotten a sequel

Fangirl! Eu sei que há o Carry On, que é a fic que a Cath escreveu, mas não é a mesma coisa.


2. Totally should've had a spin off series

É assim, tecnicamente vai haver o The Last Hours, mas não tem data de publicação ainda à vista...


3. An author who totally should write more books

A Samantha Young, que eu sou uma viciada


4. A character who totally should've ended up with someone else

A Lena do Delirium


5. Totally should've ended differently

THE FAULT IN OUR STARS *cries*


6. Totally should've had a movie franchise

Eu já disse imensas vezes que adorava ver o The Infernal Devices em formato de ecrã, mas só se fosse bem feito.


7. Totally should've had a TV show

BLACK DAGGER BROTHERHOOD, oh meu havia de ser tipo game of thrones, com os pormenores todos, if you know what i mean ^^


8. Totally should've had only one point of view

Agora assim há pressão não me lembro de nenhum... *cabeça de alho xoxo*


9. Totally should have a cover change

As versões portuguesas dos livros do Sylvain Reynard, que aquilo parece que é igual ao 50SoG E NÃO É


10. Totally should've kept the original covers

Eu não li esta trilogia, nem a tenho na TBR, mas o Across The Universe tinha capas tão lindas e depois flop


11. Totally should've stopped at book one

Não é que eu não tivesse gostado da sequela, mas gostei muito mais de Wallbanger e achei que o segundo livro foi desnecessário.

4 comentários

Comentar post