Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

TOTALLY DIDN'T BOOK TAG

Ora vamos lá a uma tag, que já não fazia há imenso tempo (original aqui).

 

1. Totally didn’t need to have a sequel/sequels.

Olha que ela questão... Assim sequela não digo, mas vou escolher uma spin-off que eu achei que ficou muito aquem do original, e que foi o Bloodlines.


2. Totally didn’t need to have more than one point of view.

Breaking Dawn, achei que foi uma tolice fazer 3 livros só com o POV da Bella e depois no último afinal já não é só o dela.


3. Totally didn’t need to change cover art through the middle of a series.

Não é bem uma mudança de capas, mas lá para o 7/8 livro da Adaga Negra, o estilo de capas mudou e eu não acho piada nenhuma.


4. Totally didn’t need a love triangle.

TODOS OS LIVROS COM TRIÂNGULO AMOROSO À EXCEPÇÃO DE THE INFERNAL DEVICES


5. Totally didn’t need this book to be included in this series.

Requiem, a série Delirium teria ficado muito bem no final de Pandemonium


6. Totally didn’t need a cliffhanger.

City of Bones, quer dizer... É que depois era tudo mentira, para quê???


7. Totally didn’t need to have just one point of view.

Hum... Eu não sou grande fã de mais que um POV... so...


8. Totally didn’t need that much hype.

My Life Next Door


9. Totally didn’t need a relative book reference. (Eg, For example: Hunger Games fan would love Divergent.)

Infelizmente não continuei com a série, honestamente nem sei bem porquê, mas quando eu li o Blood Rights dizia que era para fãs da J. R. Ward e eu quando li o livro fiquei WTF não tem nada a ver.


10. Totally didn’t deserve my time.

Mockingjay