Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

The Sims Book Tag!

Eu não sou uma pessoa de videojogos/jogos de computador. Contam-se pelos dedos de uma mão os jogos que eu acho piada. E isto não sou eu com nariz empinado a ser superiorzinha, eu realmente gostaria de ser uma gamer, só que eu vejo os trailers dos jogos, fico super entusiasmada, e depois vou jogar e ficou completamente destruída porque os gráficos são todos uma nhanha em comparação aos trailers (mas atenção, já há gráficos muito bons, só que nos trailers.. há mais fluidez nos movimentos, percebem??). Para terem noção do meu falhanço com jogos, eu tentei jogar League of Legends e desisti do tutorial porque estava farta de estar constantemente a ouvir "stay behind your minions". É... É que os trailers são tão fixes, lá na wikia de LoL tem tanta história, e depois chego ao jogo e é o jogo do "mata as torres", quase nem vejo os personagens, quanto mais as skins com as quais se gasta dinheiro, e a história aparentemente não serve para nada, só serve saber para que porra servem tantos quadradinhos de poderes do lado esquerdo. Enfim, se houvessem filmes de LoL, eu via!

Mas isto tudo para dizer que dos poucos que me chamam a atenção, Sims é daqueles que eu mais gosto, porque é um conceito tão simples mas que dá para muito (é quase como escrevermos nós uma história). Aliás a pequena eu apanhou vírus no pc por causa do Sims, mas isso é outra história (não saber distinguir más publicidades é o que dá).

Daí, quando vi que a Hailey tinha feito uma tag sobre Sims relacionada com livros, é claro que me propus a fazer, por isso vamos lá!

NOTA: para os interessados que queiram saber mais dos poucos jogos que eu gosto (e que jogo pessimamente) - Assassin's Creed (acho o conceito geral de todos espectacular, mas o Syndicate até agora foi o que gostei mais), Mortal Kombat (mais pelas Fatalities que por outra coisa), Call of Duty (que eu sou péssima, não acerto em quase nada, mas dá uma adrenalina fixe) e The Elder Scrolls (só joguei o Skyrim, mas foi awesome).

 

1. The original Sims: the best author debut.

 Bem, na verdade eu não tenho lido muitos "debut" ultimamente, apesar de ter alguns na TBR, portanto...

 


2. The grim reaper: the saddest character death.

Agora assim é difícil, a última que me lembro foi na segunda feira em Game of Thrones #HoldTheDoor Bem, tenho a certeza que já li mortes que me fizeram chorar muito, mas olhando assim de repente para as minhas estantes, o final de O Rapaz do Pijama às Riscas foi muito forte.


3. Sims getting stuck: a character that just got in the way.

Não é um personagem por si só, mas os lessers do BDB estão claramente a mais na história, ninguém quer saber deles mas a J. R. Ward  insisti em colocá-los lá.


4. Simlish: a book with amazing writing.

 ACOTAR. Aliás, qualquer um da Sarah J. Maas.


5. Expansion packs: a series where the books kept on getting better.


6. Sims romance: the worst case of insta love.

 Eu já nem sei os personagens, mas o The Vicent Boys foi o pior caso, sem dúvida (tão mau que larguei para aí a 20 página depois de começar).


7. Cheats: a book that was entirely unrealistic.

Não é um livro, é um conto que eu li recentemente de Edgar Allan Poe, que é The Murders in the Rue Morgue e que no ínicio é muito misterioso e o leitor tem a atenção presa e depois quando se dá o desfecho da história... Eu fiquei tão WTF que nem sei explicar o quão irrealista aquilo é.


8. Needs fulfillment: a character who made all the wrong decisions.

O Simon de TMI, eu gosto muito dele, mas no inicio foi complicado.


9. Error code 12: a series that started off great but went downhill from there.

Vou falar do quarteto Blood Ties, cujo primeiro livro The Turning eu gostei imenso mas depois nos restantes 3 a história tomou um rumo que em nada tinha a ver com o primeiro e que me deixou meio WTF.


10. The Sims vortex: a book/series that completely engrossed you.

Eu penso que se vá tornar uma trilogia, ainda só há 2 livros publicados mas sei que vem aí um terceiro, anyway, o Crazy Rich Asians foi daquelas surpresas que eu não estava nada à espera (daí ser uma surpresa, duh), eu fiquei totalmente obcecada por aqueles personagens e aquela história.