Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

O Êxtase de Gabriel (Gabriel's Rapture)

 

Autora: Sylvain Reynard

Edição Portuguesa: Saída de Emergência

 

Sinopse

Venha mergulhar num mundo de obsessões, segredos e prazer sem limites, acompanhando a história de dois amantes ligados por desejos obscuros... Que os podem destruir. O professor Gabriel Emerson envolveu-se numa paixão escaldante e clandestina com a sua ex-estudante, Julia Mitchell. Ao levá-la para umas férias românticas em Itália, inicia-a nos deleites sensuais do corpo e os êxtases do sexo. Mas ao regressarem, veem a sua felicidade ameaçada por uma conspiração de estudantes, pela instituição académica e por um antigo amante ciumento. Quando Gabriel for finalmente confrontado pela administração da Universidade, irá sucumbir ao destino de Dante? Ou irá lutar para manter Julia, a sua Beatriz, para sempre? Nesta brilhante sequela, O Êxtase de Gabriel, Sylvain Reynard tece uma sofisticada história de amor que irá tocar para sempre a alma, o corpo e a mente do leitor. Um livro obsessivo e viciante como As Cinquenta Sombras de Grey.

 

Opinião

NÃO NÃO NÃO! What? É inacreditável como as editoras em Portugal (ou quem quer que faz estas sinopse de m****) podem distorcer um livro tão fantástico e transformá-lo numa história vulgar e ordinária! A QUEM QUER QUE LEIA O MEU BLOG: NÃO SE DEIXEM LEVAR POR ESTA SINOPSE! Não há obsessões nem prazer sem limites, a paixão entre o Gabriel e a Julianne não foi escaldante... Não me digam nada, que ao ler esta sinopse de fidedignidade muitissimo duvidosa, começo a perceber finalmente porque é que me olham de lado quando digo que estou a adorar esta série. ESTES LIVROS NÃO SÃO NADA COMO AS CINQUENTA SOMBRAS DE GREY, NADA! Sabem quantas vezes existe esse tal 'deleite sensual do corpo' descrito? Uma vez! UMA! E não é nada de especial, comparado com o que é tido como romance erótico... De resto, o autor conseguiu maravilhosamente introduzir (salvo seja) a situação, dar o seu toque de sensualidade e deixar o leitor tirar as suas próprias conclusões, não tendo de descrever cada pormenor do que já toda a gente sabe como funciona. (como vêem, estou passada).