Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Edições Portuguesas #1

Quem segue o blog pode comprovar que eu faço muitas revisões antes das editoras portuguesas decidirem traduzir e publicar. E desde que fiz algumas revisões, tenho vindo a presenciar o lançamento de alguns livros que já li e aos quais já dei a minha opinião. Para facilitar as coisas de procura e tags, vou então começar a identificar as edições portuguesas e encaminhár-vos para as minahs revisões.

 

 

FINALE (FINALE)

 

 

Autora: Becca Fitzpatrick

Edição Portuguesa: Porto Editora

 

Sinopse
Nora está absolutamente certa sobre o seu amor por Patch. Anjo caído ou não, Patch é o homem da sua vida. A herança e o destino que couberam a Nora ditam que terá de ser inimiga do seu amor, mas não há como lhe voltar as costas. Agora, Nora e Patch deverão unir forças para enfrentar o derradeiro desafio. Assistiremos ao regresso de velhos inimigos e ao nascimento de novos aliados. Um amigo será o protagonista de uma inesperada traição que ameaçará a paz com que Patch e Nora sonham tão desesperadamente. As linhas da batalha estão formadas¿ mas de que lado devem lutar? E, no final, será o amor capaz de conquistar todos os obstáculos?

 

 

Opinião

aqui

Clockwork Princess

 

Autora: Cassandra Clare

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

Danger and betrayal, secrets and enchantment in the breathtaking conclusion to the Infernal Devices trilogy.
Tessa Gray should be happy - aren't all brides happy?
Yet as she prepares for her wedding, a net of shadows begins to tighten around the Shadowhunters of the London Institute.
A new demon appears, one linked by blood and secrecy to Mortmain, the man who plans to use his army of pitiless automatons, the Infernal Devices, to destroy the Shadowhunters. Mortmain needs only one last item to complete his plan. He needs Tessa. And Jem and Will, the boys who lay equal claim to Tessa's heart, will do anything to save her.

 

Opinião

Estava convencidissima que já havia tradução em Portugal (o título será Princesa Mecânica, quase de ceerteza). Estou estupefacta ao saber que o livro só saiu este ano e eu já o li xD Posso não ter sorte no amor nem ao jogo, mas nos livros tenho com certeza. Tenho também a leve sensação que esta poderá muito bem ser a maior review que alguma vez escrevi neste blog. É que eu tenho muita coisa para dizer, muitos sentimentos para exprimir, mas secalhar poucos caracteres no editor de texto... Vamos ver no que é que isto vai dar. (aproximam-se GRANDES spoilers, por isso se não querem estragar a vossa experiência TID, é melhor não lerem)

 

Príncipe Mecânico (Clockwork Prince)

 

 

Autora: Cassandra Clare

Edição Portuguesa: Planeta Editora

 

Sinopse

No submundo mágico da Londres vitoriana, Tessa Gray encontrou por fim a segurança com os Caçadores de Sombras. Mas esta torna-se efémera quando forças desonestas na Clave se revelam para destruir a sua protectora, Charlotte, e substituí-la como chefe do Instituto. Se Charlotte perder a sua posição, Tessa será posta na rua - e presa fácil para o misterioso Magister, que deseja usar os poderes de Tessa para os seus fins obscuros.
Com a ajuda do bonito e autodestrutivo Will e do devotado e dedicado Jem, Tessa descobre que a guerra do Magister contra os Caçadores de Sombras é pessoal. Ele culpa-os de uma tragédia íntima que lhe destruiu a vida. Para desvendar os segredos do passado, o trio viaja através das névoas do Yorkshire para uma mansão que contém horrores indizíveis, dos bairros-de-lata de Londres para um salão de baile encantado, onde Tessa descobre que a verdade sobre a sua paternidade é mais sinistra do que alguma vez imaginou. Quando encontra um demónio mecânico com um aviso de Will, apercebe-se que o Magister sabe de todos os seus movimentos… e que um deles os traiu.
Tessa descobre que o seu coração está cada vez mais atraído por Jem, apesar do seu anseio por Will e dos sombrios estados de alma que continuam a abalar a sua confi ança. Mas algo está a mudar em Will… a parede que construiu à sua volta desmorona-se. Conseguirá o Magister libertar Will dos seus segredos e dar a Tessa as respostas sobre quem é e para que nasceu? A verdade leva os amigos para o perigo, e Tessa descobre que quando o amor e mentiras se misturam podem corromper até o coração mais puro.

 

Opinião

JESUS TAKE THE WHEEL!!! Estou tão done com esta série que nem sei se é melhor parar agora ou continuar a saltitar pela eternidade fora. Devo ter demorado o triplo do tempo a ler o Príncipe Mecânico do que o Anjo Mecânico, porque como os professores universitários primam pela inteligência, decidiram que eu não havia de fazer nada durante um semestre inteiro (literalmente, só fiz duas frequências) e quando se aproximava o final do semestre é que decidiram meter trabalhos e avaliações práticas e apresentações e mais milhentas coisas que me atrapalham a leitura e que fizeram com que lesse às mijinhas (um capitulo aqui, passados três dias mais um...). No entanto, tenho a sensação que (e não estou a dizer que o anterior não o fez) o meu coração derreteu mais desta vez do que no Clockwork Angel.

 

Anjo Mecânico (Clockwork Angel)

  

 

Autora: Cassandra Clare

Edição Portuguesa: Planeta Editora

 

Sinopse

A magia é perigosa, mas o amor é ainda mais perigoso. Quando Tessa Gray, uma rapariga de dezasseis anos, atravessa o oceano para se reunir ao irmão, o seu destino é a Inglaterra do reinado da rainha Vitória e aventuras aterrorizadoras aguardam-na no Mundo-à-Parte de Londres, onde vampiros, bruxos e outras personagens sobrenaturais palmilham as ruas iluminadas a gás. Apenas os Caçadores de Sombras, guerreiros que se dedicam a livrar o mundo de demónios, conseguem manter a ordem no caos. Raptada pelas misteriosas Irmãs Escuras, membros de uma organização secreta chamada Clube Pandemonium, Tessa depressa fica a saber que também pertence ao Mundo-à-Parte e que possui uma habilidade rara: o poder de se transformar, quando quer, noutra pessoa. Além disso, o Magister, a figura misteriosa que dirige o clube, tudo fará para reclamar o poder de Tessa para si. Sem amigos e perseguida, Tessa refugia-se junto dos Caçadores de Sombras do Instituto de Londres, que juram encontrar-lhe o irmão se usar o seu poder para os ajudar. Em breve se sente fascinada, e dividida, entre dois amigos: James, cuja beleza frágil esconde um segredo mortal, e Will, um rapaz de olhos azuis, cujo humor cáustico e temperamento volúvel mantêm toda a gente da sua vida à distância… ou seja, toda a gente menos Tessa. À medida que a investigação os vai arrastando para o âmago de uma conspiração tenebrosa que ameaça destruir os Caçadores de Sombras, Tessa percebe que poderá ter de escolher entre salvar o irmão e ajudar os seus novos amigos a salvar o mundo… e que o amor pode ser a magia mais perigosa de todas.

 

Opinião

Acabei de encontrar o céu. Só pode. Como é que é possível que esta maravilha seja escrita pela mesma autora do The Mortal Instruments? Deve ser com certeza bruxaria. O Magnus deve andar metido nisto (por acaso...).