Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

As Cinquenta Sombras Mais Negras (Fifty Shades Darker)

 

 

Autora: E.L. James

Edição Portugusa: Lua de Papel

 

Sinopse

Perseguida pelos negros segredos que atormentam Christian Grey, Anastasia Steele separa-se dele, e começa uma carreira numa prestigiada editora de Seattle. Mas por mais que tente, Anastasia não o consegue esquecer – ele continua a dominar-lhe todos os p ensamentos. E quando Christian lhe propõe reatarem a relação com um novo e diferente acordo, ela não consegue resistir.
Aos poucos, uma a uma, começam a revelar-se as Cinquenta Sombras que torturam o seu autoritário e dominador amante. Enquanto Grey se debate com os seus demónios, e revela a Anastasia um lado inesperadamente romântico, ela vê-se obrigada a tomar a mais importante decisão da sua vida.Uma escolha que só ela pode fazer…

 

Opinião

Ok. Vou pensar numa maneira simpática de fazer esta revisão. A sério. Estou a pensar com muito esforço. Mas... Isto não está a dar...

Normalmente, quando eu falo da série 50 shades, digo sempre que é a maior nhanha que alguma vez foi escrita na história da literatura. Sabem porquê? Por causa de metade desta livro (metade? vá, três quartos...). Já tive muita gente a vir ter comigo e a perguntar se eu tinha lido as 50 sombras e se tinha gostado e tal tal... E na verdade, embora eu até queira admitir que não desgostei completamente, não posso afirmar que gostei. Quer dizer, tirando toda a panóplia de posições e situações sexuais que não cabem na cabeça de ninguém, na impropriedade de certas cenas e nos pensamentos mais que oh so fucked up, o livro até se lê. Só que a maioria deste livro é um jogo de gato e rato em que uma foge, o outro vai à procura, e o rato volta a meter-se nas garras do felino. Que é uma coisa que TOOODDDAAASSS as pessoas que fugiram de umas palmadas no rabinho mas que se humilharam num quarto vermelho fazem.