Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

séries #4 - update 1.0

Sabem o que é um reading slump? É, eu não sabia, mas agora já sei. E pelos vistos não sou a única, porque vejo imensa quente que adora ler que nada nesta preguicite de ler. E é só ver séries e filmes pá! Mas enfim, o que vale é que tenho tido umas experiências giras com as séries que começo a ver.

 

Abandonados

O tempo não dá para tudo. E para ver coisas novas, infelizmente tive de por algumas para trás. Não que eu faça isso com muita frequência, mas aconteceu. Até porque quando as histórias só estão a esticar e a engonahr, uma pessoa perde logo a vontade. Mas nem foi isso que se passou com Reign e Mad Men. Estas duas últimas não sei muito bem porquê, simplesmente comecei a deixar de ver, ou porque não tinha tempo ou porque surgia alguma coisa mais interesante e foram desaparecendo.

 




Vi um bocadinho
Gotham
Provavelmente não sabem isso, mas eu sou uma grande fanática por Batman. E quando soube do surgimento de uma série que se passa em Gotham na altura onde os pais do Bruce foram assassinados, nem pensei duas vezes se havia de ver ou não. Mas a verdade é que não me surpreendeu nem me prendeu ao ecrã como esperava. Vi uns 4 episódios, mas mesmo assim, não é nada de especial.


Comecei a ver Série Novas
Bob's Burgers

Quando uma maiga me disse que via isto e eu vi uns segundos de um episódio, quis ligar para a ala psiquiátrica de um qualquer hospital perto de mim.  A animação é de facto, uma nhanha. Mas o que vale a pena nesta série é a história. Os episódios são pequeninos (20 minutos) e é só rir de uma ponta a outra. Ainda para mais porque duas das personagens femininas são dobradas por homens (mas não parece nada!). Se querem dar umas gargalhadas e saber mais sobre hamburguers e morgues (eles têm uma agência funerária ao lado do restaurante), esta é série certa para vocês.


Outlander
Por último, mas certamente a mais importante: Outlander. Eu não sou a melhor pessoa para falar, porque desisti no primeiro episódio. Mas depois lá voltei, porque andava tudo com as hormonas aos saltos e eu também queria. E a verdade é que, passados os primeiros 2 episódios (no inicio do segundo já é giro), fiquei totalmente obcecada, em parte porque o Jamie é uma coisa bonita para alegrar a vista. Eu acho que numa semana (de faculdade) vi a primeira meia-temporada inteira. Esta série é a vida. Tem romance e epicness e é maravilhosa e nem sei como a descrever. Os cenário são fenomenais (ou não fosse a starz a fazer, lembram-se do spartacus?), é completamente... Eu nem sei. Para quem gosta de romance histórico (e mesmo para quem não é grande fã), prepare-se, isto é uma montanha russa desfarçada com kilts (que caem!) e sotaques sexys. Aconselho mais isto para o público feminino, obviamente, é uma história de amor, essencialmente, mas nunca se sabe, o Jamie agrada a toda a gente!