Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Prioridades

Depois de um dia com uma manhã nada perfeita e uma tarde de adoração do livro que estou a ler, estou fartinha de exames. Apetece-me organizar aqui o meu planeamento de leitura para os próximos tempos, embora já tenha dado um gostinho aqui.

 

Perguntam vocês, 'então mas esta é tão tola que tem de planear os livros que lê?'. Sim, tenho, porque ao longo do último ano de leitura (que foi o mais exaustivos de sempre, nunca me lembro de ter lido tantos livros num ano), aprendi várias coisas sobre mim enquanto leitora, algumas das quais que irei partilhar na seguinte lista:

 

  • gosto IMENSO de séries: acho que vocês não estão a perceber, eu abolia séries e só lia livros solitários. achava uma parvoíce ter de dividir a história às metades. agora não quero outra coisa, e quão maior for o fandom, melhor. mas uma coisa é certo, ainda continuo a preferir aquelas que já estão completas, porque o tempo de espera mata-me devagarinho.

  • SOBRENATURAL e YOUNG-ADULT são a minha cena: desde sempre que tenho uma cena por vampiros, qualquer dia escrevo um post sobre isso. desde que descobri os nephilim e o resto dos elementos da turminha, é a festa na aldeia! e se for YA então melhor.

  • farto-me rapidamente de distopias: por algum tempo pensei que as distopias era a coisa mais linda da vida. o problema é que enjoo tão rapidamente de toda aquela revolta envolvente e característica deste género que não aguento muitos livros disto.

  • gosto ocasionalmente de um bom romance erótico: vá, riam-se lá um bocadinho, dêem lá as vossas risadinhas. eu também olhava de lado, e o mal foi experimentar e descobrir o que lá estava. mas atenção que eu sou esquesita! nada cá de badalhoquices, tem de ser com alguma classe, não gosto de coisas muito às 3 pancadas e muito forçadamente preversas que só têm teor sexual, gosto de romance.

  • os contemporâneos são muito relativos: sei apreciar este e aquele livro, mas não gosto de ler só de uma vez todos deste género; para mim os contemporâneos são bons para o que eu chamo 'desmame de sagas', que servem para atenuar as emoções de umas para depois poder começar outras.

Nisto, vou então tentar construir uma lista que me possa dar para o ano inteiro e mais além. Não vou considerar os livros de séries nas quais estou à espera da saída de volumes, e isto até pode correr mal, porque uma pessoa nunca sabe à partida se vai ou não gostar sem ler o primeiro livro (olhem o que me aconteceu com A Casa das Comarré - ainda não sabem, mas a revisão vai sair daqui a uns dias). Olhem, seja o que for!

 

 



 

A LISTA

 

Não vou precisar a ordem, porque embora isto também seja um post de referência para mim, sei que quando me dá na veneta mudo logo de opinião e apetece-me ler mais uns que outros. Mas, de facto, existem alguns livros que têm prioridade na minha enorme pilha de livros para ler, e são esses que vão ter aqui um lugar. Também não quer dizer que não vá ler mais do que estes, porque isso vai acontecer de certezinha, mas pelo menos estes vão integrar as minhas leituras de este ano (ou pelo menos tentar, porque posso levar um barrete e não gostar do livro e desistir a meio; mas não pensemos nisso).

 

 

Distopia

Como já disse, as distopias são complicadas para mim, e por isso, neste momento, só duas série é que constituem uma maior curiosidade, que são o Matched e o Uglies. Se vão ser lidas este ano? Não sei, mas se por acaso me apetecer ler distopias, será uma destas duas.

 

Clássico

Já não me cai um clássico no colo à imenso tempo, acho que está na altura de mudar o cenário. Vi o filme da Anna Karenina e achei uma patetice completa aquela realização, mas a linha de história pareceu-me intrigante e achei que se calhar seria bem explorada no livro. Como anda cá para casa, é uma das escolhas. Outro livro queanda a cair cá em casa é o On the Road; já comecei a ler mais que uma vez, mas acaba sempre por existir um livro mais interessante e é posto de lado. Se me der um gostinho para clássicos, sera um destes.

 

Erótica

Não há cá BDSM, nem coisas esquesitas. É só onde a curiosidade fala mais alto pela história ser promissora (no género).

 

* Série: Gabriel's Inferno

* Solo: The Marriage Bargain

 

Contemporâneo

Oh contemporâneo! Foi dos géneros que a inicio estava mais reticente e que agora adoro. Não estão a ver nenhum livro do John Green? Pois, achei que o autor (ou melhor, autora) a que deveria dar mais ênfase este ano seria a Rainbow, porque ao contrário do primeiro, ainda não li nada dela.

 

* Romântico - Love & Misadventure

* Duos: 

     ~ Angst para Romance: Leaving Paradise

     ~ Viagens: Just One Day & Just One Year e The Edge of Never & The Edge of Always

     ~ Faculdade: Romeo

* Pós - Separação: Why We Broke Up

* Rainbow Rowell - Attachments e Fangirl

 

Paranormal

THIS IS MY SHIT! É a minha cena, não há como negar, eu gosto é disto. Gozem, critiquem, mas o que me faz querer ler muito é este alheamento à realidade. E é mesmo por essa razão que este sub-grupo é gigante.

 

* Vampiros - House of Comarré (apesar de ter lido o primeiro livro e ter posto de lado a série, aidna este ano volto ao mesmo, porque apesar do volume inicial ter acabado de uma maneira muito às três pancadas, tenho de ver como é que a série acaba, porque já envesti muito sentimentos nela)

* Anjos - Fallen, Unhearthly

* Aliens - Lux

* Bruxas - Beautiful Creatures, All Souls Trilogy

* Lobisomens - The Wolves of Mercy Falls

* Fadas - The Iron Fey

* Fantasmas - The Raven BoysAnna

* Zombies - The Forest of Hands and Teeth

* Viagem no Tempo: The Ruby Red Trilogy

 

Acho que de todas as subcategorias, só li coisas sobre Vampiros e Anjos (oh e Bruxas no Harry Potter), e por isso está na altura de alargar os meus horizontes paranormais.

 

Autor Português

Porque também Portugal deve ser valorizado e nunca li nada da época da implantação do Estado Novo.

 

José Rodrigues dos Santos - A vida num Sopro

 

Literatura Feminina nos Tops Portugueses

Isto anda tudo ao rubro nos tops das livrarias e eu quero perceber o porquê (mais uma vez também andam cá em casa a cair, à excepção do Fantasy Lover).

 

Nora Roberts - Mentiras Cruéis

Elizabeth Adler - Romance na Toscana

Sherrilyn Kenyon - Fantasy Lover

Steva Casati Modignani - A Viela da Duquesa

 

Na TBR Há Mais de Dois Anos

Não foram os primeiros dos primeiros, mas foi onde comecei uma lista enorme para ler. E nunca lhes peguei. Tem de ser agora.

 

Histórico - The Luxe

Paranormal - Blue is for Nightmares

 

Se ler metade dos que aqui pus, acho que já me dou por satisfeita. Sou tão lampeira e agora deu nisto. Bem, à medida que for lendo vou tentando vir aqui riscar, para saber ao certo como é que isto vai indo e actualizo sempre a data no local de post para vocês também terem noção.