Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

maio - documentários, kdramas e hiatus americanos

O mês de maio está a acabar e, mesmo que em leitura eu não tenha avançado quase nada, parece-me que tenho montes de coisas para vos falar. Haengjin!

 

Vou começar já pelas séries americanas, que este mês andaram num rubro doido. Revenge finalmente acabou! E digo isto porque acho que nas últimas duas temporadas andaram a enrolar a história desnecessariamente, mas os últimos episódios foram bombástico e prenderam-me semana após semana. Acho que teve um final apropriado, o tamanho e número das temporadas, embora nalguns episódio engonhassem, não foram nada do outro mundo em relação a outras séries, e achei que foi uma boa série no geral, com uma boa história do principio ao fim.

 

Quanto aos hiatus, destaco Grey's Anatomy e The Vampire Diaries. Grey's Anatomy nesta última temporada foi... Eu nem sei descrever, foram muitas lágrimas envolvidas e a próxima temporada tem de ser maravilhosa para compensar esta última (que foi óptima em termos de feels - E A APRIL E O JACKSON NÃO PODEM ACABAR ASSIM PÁ!). The Vampire Diaries... Eu não sei se já disse isto neste blog, mas eu deixei de ser fã da Elena há muitos anos. E da Bonnie também. Por isso este final de temporada foi um bocado meh. A Bonnie para mim já não faz falta nenhuma à série, já deu o que tinha a dar e devia ter ficado morta logo da primeira vez que morreu (se bem que até gosto da interacção dela com o Kai) e a Elena... Não havia necessidade de a "adormecer" permanentemente, embora odeie o facto de ela ser sempre o centro das atenções, podiam afastá-la de uma maneira mais subtil, pô-la como personagem secundária e focarem-se mais na Stefan e na Caroline agora, e depois acabarem também a série, que embora seja um guilty pleasure meu, já deu o que tinha a dar, quantos mais problemas podem surgir que seja aquele grupinho a solucionar para salvar o mundo?

 

 

Deixei ainda de ver Bob's Burgers, porque os episódios já não me parecem tão cómicos como no inicio, e Mad Men, porque a história já está a perder o meu interesse.

Continuei pela Coréia do Sul e meti-me, à semelhança do mês anterior, a ver um drama por causa do T.O.P e saiu-me o tiro pela colatra. Eu comecei a ver IRIS e até estava a gostar da história, mas meti-me a ver Personal Taste ao mesmo tempo (inteligente, eu sei -.-) e... Digamos que o segundo drama tomou a minha vida de uma maneira impressionante, e como o primeiro ficou politicamente complexo demais para a minha compreensão, tive de o abandonar, para mal dos meus pecados, que eu até já estava a gostar bastante das personagens principais e a OST era bem boa. Nisto, vi o Personal Taste inteiro e gostei bastante, saiu-me uma grande surpresa.

Para finalizar as minhas chinezices (como diz a minha mãe) vi os 11 episódios do documentário dos BIGBANG, vi o episódio do Happy Together onde os BIGBANG foram (sem legendas, não percebi nada mas acenei a cabeça toda contente) e ainda uns episódios random de Running Man que tem sido o meu vicio este mês.


Séries que estou a seguir neste momento (contendo as séries em hiatus): Game of Thrones, The Vampire Diaries, Fresh Off The Boat, Modern Family, Sherlock, How to Get Away With Murder, Grey's Anatomy,  Outlander, North and South.