Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Lenha na Fogueira

Estava eu numa tarde em que o nevoeiro se me apodera da rua, quando me lembrei que o Inverno não é só em Dezembro e continua um frio de rachar (em alguns dias). E pensei eu, 'se tivesse uma lareira, ia queimar aqueles livros que estão ali a ocupar espaço e não me servem de nada'. Sim, por incrivel que pareça, existem meia dúzia de livros (físicos) que punha no fogo sem me arrepender.

 

 

 



Sophie Kinsella - Louca Por Compras
Eu adorei o filme deste livro. Deve ter sido o meu filme do ano, na altura. E como gostei tanto, decidi que iria adorar o livro também, e vai na volta, comprei-o. E hoje desejo não o ter feito. O livro fica tão aquem do filme... Em todos os aspectos. Esperava uma leitura cómica e leve, tal como foi o filme, com problemas de compras e falência, e na verdade tive foi lições de economia sobre coisas que não percebo nada.

Albert Camus - O Estrangeiro
Nunca pensei que um livro fininho fosse tão chato e aborrecido e me conseguisse irritar tanto. Não me disse nada, fiquei tal e qual depois de o ler como quando comecei. Bem, isso não é verdade, porque fiquei frustadíssima no final.

José Saramago - Memorial do Convento
Já expressei várias vezes neste blog o meu desagrada relativamente a este livro e à sua escrita. Nem a linha de narrativa me parece apelativa, tirando a infinitude de palavras sem pausas intercalares. Um não muito redondo.

Jorge Amado - O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá
Ninguém sabe a minha vontade de enfiar este livro num orifício corporal do senhor que decidiu que isto devia ser lido no 9º ano (ou 8º, já não me lembro). Honestamente, não me recordo da história, mas sei que achei ridículo o facto de um gato se apaixonar por uma andorinha e falarem das estações do ano e tal... Se calhar se o lesse agora, até gostava, mas não me parece que o vá fazer tão cedo. xD

Kate Chopin - O Despertar
A sinopse parecia fantástica. A leitura estava a correr bem (dentro do mais ou menos, mas não era má de todo) e depois os capítulos finais mataram-me rapidamente. E não foi daqueles finais que um leitor não gosta mas que concluem a jornada da narrativa. A história não foi acabada, foi tipo 'pronto agora já está'. Nop, no, no, non, niet.

Cheira-me que isto poderia ser um tag, por isso quem quiser partilhar os seus troncos gordos sintasse à vontade!