Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Fifty Shades of Grey - Trailer

Eu pensei em não fazer este post. Mas fuck it. Eu já tenho falta de ideias suficiente para os posts neste blog, não vou desperdiçar um (e o Jamie Dornan no meu blog faz semrpe falta). Vamos lá então fazer a avaliação minuto a minuto.

 



Eu não sei quem é esta gaja, nunca a vi mais gorda, mas não é DE LONGE a Anastasia que eu conheço no meu imaginário (e eu nem sou assim tão fã da Anastasia). OMG, ninguém anda vestido assim, por muito inocente que quisessem que ela parecesse... Parece as roupas das idosas. Passando isso à frente, gosto bastante dos cenários da Grey Enterprises, é muito minimalista, acho que o Grey aprovaria. A Anastasia parece que tem um problema na fala, não percebo isto, parece a maneira de falar de uma menina de 5 anos.

Momento reflectivo fislosófico dos 39 segundos de trailer: porque raio está uma árvore no meio do escritório, e mais umas coisas de madeira aqui e ali que não dão com nada do estilo minimalista predominante?

Sim, Anastasia, eu também acho que não há nada de interessante em ti com essa roupa, que tu até és bonita, mas como raio é que esse outfit ia captar a atenção do bichinho? Mistério da vida. Gostei do plano do elevador a fechar, é fino. E o meu abrigada às senhoras do guarda roupa que fizeram os fatos do Grey, que lhe assentam muito bem. Não compreendo esta floresta... Nem me lembro se havia alguma floresta no livro, na volta havia.

Eu gosto de elevadores. É o que eu tenho a dizer. E apesar de a minha preferência não ser ter os braços 20 metros acima da cabeça, achei interessante colocarem esse aspecto no trailer (e no filme), se conseguirem depois desenvolver o porquê das coisas (ele não gostar de ser tocado e tal). Esta música é horrível, sorry a todos os que acharam que esta nova versão do Crazy in Love era fantabulástica. O Charlie Tango está fofo. I don't get this, então ele primeiro empura-lhe os braços porque não quer que ela lhe toca, depois a dançar com ele já lhe está a puxar a mão para ele... Ok. Gosto bastante destes momentos a seguir ao piano e dele a correr no meio dos passarinho a fugirem dele, a fotografia deste filme é muito impressionante (tendo em conta que isto vai ser um género de porno).

O bicho que está a tentar beijar a Anastasia era supostamente o que seria tipo o 'Jacob', rght? Podiam ser mais subtis, foram logo por um gajo de raça mista a interpretar o moçoilo. Gosto muito da cama do Christian. Ok, isto soou mal. Mas tem um almofadado muito bonito (gosto imenso de acolchoados, so...).

E depois descamba tudo para a desgraça. Salvo seja, que eu gosto muito do Jamie sem camisola, mas este Red Room of Pain traz à tona todas as memórias infelizes que eu tenho com esta trilogia. Omg, não, não, não, WHAT. Não. Eu não vou ver este filme... Como é que alguém teve a triste ideia de adaptar isto no cinema...? Bem, deixem a vossa opinião e depois logo vemos se vou ou não ver isto (nem que seja a versão mais leve).

2 comentários

Comentar post