Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

bookish pet peeves

Quer queiramos admitir ou não todos os amantes de livros têm secretamente um Distúrbio Obsessivo Compulsivo que, quando menos se espero, nos atira do penhasco. São coisas que, ponto tudo em perspectiva, são totalmente snobes e insignificantes, mas por algum vodoo desconhecido fazem com que eu vire uma leoa e queira partir tudo à minha frente. E eu sei que em alguns tópicos não estou sozinha, que eu sei que há aí muita gente com obsessões iguais às minhas.

 

APARÊNCIA DOS LIVROS

capas das adaptações cinematográficas

os senhores da fnac já devem estar fartos de mim, porque cada vez que eu vejo um livro com a capa do filme, o meu olhar mata-os lentamente, mesmo eles não tendo culpa nenhuma. Aqueles dust jackets também me irritam, mas não tanto, porque podem ser removidos, mas quando as capas já são impressas com a capa do filme...

 

alturas desiguais

não estou a falar entre livro, mas sim entre livros da mesma série. odeio, ODEIO, quando os livros da mesma série têm alturas diferente, quão difícil é seguir o mesmo formato nos livros todos?

 

 

estrutura das lombadas

esta relaciona-se um bocadinho com o anterior, mas às vezes, mesmo tendo as mesmas alturas, o título e o autor do livro estão em níveis diferentes na lombada. MAS SERÁ ASSIM TÃO DIFÍCIL ESCREVER NO MESMO ESPAÇO??

 

mudanças de capa

mais uma de séries, quando mudam de capas a meio da série...

 

opiniões de gente famosa e recomendações na capa

não sei se neste estou sozinha, mas quando vejo aquelas letrinhas com a opinião de um outro escritor ou a dizer "o próximo X" ou "para todos os amantes de X". PÁ! Primeiro, não ponham essas comparações, cada livro é um livro, e ninguém gosta de macaquinhos de imitação. Segundo, ponham as opiniões na contracapa, não estraguem a capa com coisas que não interessam!

 

autocolantes

quer sejam de promoções, adaptações ou dos preços, nunca acaba bem. Ou eu acabo por estragar as capas a raspar com as unhas, ou fica cola agarrada que não sai com nada... e melhor só aqueles que já vêm impressos na capa...

 

autor e título no cabeçalho das páginas

descobri que isto me irritava muito recentemente. quando estou a ler um livro e nos cabeçalhos  aparecem estas informações QUE EU JÁ SEI PORQUE COMPREI O LIVRO E TIVE DE VER O TÍTULO E O AUTOR.

 

 HISTÓRIA / ENREDO

amnésia selectiva

este é talvez o PIOR para mim, deixa-me completamente louca, quando nas sequelas o narrador passa a vida a recordar acontecimentos passados, EU LI O LIVRO ANTERIOR NÃO PRECISAM DE ME LEMBRAR, E NINGUÉM VAI LER O "LIVRO 3 DA SAGA X" SEM LER OS ANTERIORES

 

insta love

cada vez tenho visto mais gente a desgostar disto, mas cada vez há mais livros com isto. as pessoas não se amam depois de 3 vezes que se encontraram e foram ao starbucks, acordem autores

 

triângulos amorosos

desde que me lembro que ODEIO COM TODO O ÓDIO DO INFERNO triângulos amorosos; em toda a minha experiência literária só há um triângulo amoroso que funcionou bem, que foi o TID, e mais nenhum... PORQUÊ? isso não acontece na vida real, as pessoas não se apaixonam por duas pessoas ao mesmo tempo, quanto muito têm múltiplos parceiros sexuais, o que é totalmente aceitável se as pessoas estiverem bem com isso; agora amor? amor por duas pessoas? isso nunca acontece... ainda para mais nos tempos de hoje que é "ok gosto de ti, estou contigo, agora já não gosto, venha o próximo".

 

EXPERIÊNCIA LITERÁRIA

novellas e companions

eu achei piada quando a stephanie meyer fez o midnight sun, era um novidade, contar a mesma história no POV do interesse amoroso, mas agora não sei se alguém lhe devia ter batido, por isso criou um ponto de partida para todos os autores que, para ganharem mais uns troquitos, escrevem umas short stories ou fazem um outro livro com um POV diferente a contar a mesma história. no inicio achava imensa piada, e ainda li alguns, mas agora tenho-me singido à história principal, porque a maioria destes apêndices não contribuem em nada para o desenvolvimento do enredo principal.

 

trilogias e sagas forçadas

o que eu quero dizer é quando a história facilmente era resolvida num único volume, às vezes em dois, e é sempre feita em trilogias ou quartetos... porquê? eu percebo que é muito giro dizer "trilogia" e três livros vendem muito que um só, mas não me importava nada de ver livros mais calhamaçudos mas que contassem uma história do principio ao fim sem adicionar pormenores insignificantes e drama desnecessário só para prolongarem as vendas.

 

falarem comigo quando estou a ler

eu não sou uma pessoa fácil, eu sei que não, mas não aguento... uma coisa é fazerem-me perguntas que de facto exigem respostas que vão condicionar acções, outra coisas é estarem a ver que eu estou a ler e estarem com conversa do chacha ao meu lado, sabem, daquelas conversas que estão a ter convosco mas é mais com eles próprios?


spoilar-me
ninguém gosta, mas do que eu estou a falar é quando vocês estão descansados da vossa vidinha e de repente BAM! acidentalmente descobrem algo que ás vezes é bom e às vezes não. eu sou um bocado maluca e às vezes vou à procura das coisas (e depois arrependo-me), mas estar calmamente na internet e de repente spoilar-me, mesmo que seja algo que eu acabe por gostar, transtorna-me o sistema.