Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

After Dark: Os Passageiros da Noite (After Dark)

 

Autora: Haruki Murakami

Edição Portuguesa: Casa de Letras

 

Sinopse

Por uma noite, Murakami leva-nos com ele através de uma Tóquio sombria, onírica, hipnótica. Um deslumbrante romance perpassado de uma singular atmosfera poética, na fronteira entre a realidade e o universo fantasmático, onde cada pormenor, olhado retrospectivamente, faz sentido.
Num bar, Mari encontra-se mergulhada num livro, enquanto bebe o seu chá e fuma cigarro atrás de cigarro. Às tantas, entra em cena um músico que a reconhece. Ao mesmo tempo, encerrada num quarto, Eri, a irmã de Mari, dorme com os punhos cerrados, sem saber que está a ser observada por alguém.
Em torno das duas irmãs desfilam personagens insólitas: uma prostituta chinesa vítima de agressão, a gerente de um hotel do amor, um técnico informático, uma empregada de limpeza em fuga. Sucedem-se acontecimentos bizarros: um aparelho de televisão que, de um momento para o outro, começa bruscamente a funcionar, um espelho que conserva os reflexos.
Em Tóquio, durante as horas de uma noite, vai desenrolar-se um estranho drama...


Opinião

É incrível como eu tinha este livro na TBR há tantos anos e só agora é que o li. Para terem uma noção, eu conheci este livro na mesma altura que conheci a A Rapariga que Roubava Livros, muito antes de ter um blog ou de conhecer o comunidade literária da internet, eu nem sequer andava ainda na faculdade (e acabei este ano o meu curso), por isso estão a ver, este livro vem lá dos primórdios da minha TBR.

 



Esta revisão vai ser curtinha, o livro também é pequenino e se eu disser mais que a sinopse conto-vos tudo. Foi o meu primeiro impacto com Murakami e só não dei 5 estrelas porque houve umas partes, que de certeza que são super metafóricas e contemporâneas e tudo mais, em que eu fiquei à toa, mas de resto... Espectacular.

Na verdade, eu tinha uma ideia do que o livro seria, mas depois revelou-se que a história não era nada do que eu pensava e por momento receei não gostar do livro. Pelo que já escrevi, obviamente se mostrou tudo uma preocupação sem razão, acabei por adorar o livro que em menos de 230 páginas me fez chorar e pensar na vida.


Sendo uma história tão curtinha, passada numa noite apenas, é claro que não há grande desenvolvimento das personagens e toda a panóplia a que se está habituado noutro tipo de histórias, mas há qualquer coisa que nos prende a elas e que para mim é impossível explicar. Enfim, gostei muito e recomendo.

2 comentários

Comentar post