Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Abril - Ainda na Ásia e Lágrimas pelo Derek

Há meses muito mais complicados que outros, e o mês de Abril foi sem dúvida desafiante. Não tenho tipo para quase nada, só me apetece chorar. É que nem para ler! E apesar de estar a ler um clássico (que já não fazia há imenso tempo), o que torna a leitura mais lenta (pelo menos para mim), esto ua gostar bastante do livro, mas... Tenho livro umas 5 páginas por dia, e é quando leio. Passam-se dias sem que eu pegue no livro. E o mesmo tem acontecido com os filmes e séries.

 

Filmes

Aconteceu algo que nunca tinha acontecido antes. Eu sempre fui obcecada por filmes, séries, livros... Basicamente, por história, por ficção. Adoro música, mas os fandoms de bandas e afins nunca me tocaram muito (sem contar com Avenged Sevenfold, que é a minha banda favorita). E a cena é: eu já oiço k-pop há uns anos, porque raio é que só agora é que me deu esta pancada tão forte? Estou a fazer muito sentido, não estou, com o subtítulo filmes e a falar de música? Long story short, eu ando completamente parva da vida por uma boysband (BIGBANG) e o elemento que faz melhor trabalhar as minhas hormonas (T.O.P) qual  fez um filme (aliás fez mais que um, mas como apareceram uns gifs alarmantes na minha dash do tumblr, eu tive de ver este). E fiquei bastante surpreendida, tanto pelas performances como pela realização do filme. Said movie é Tazza 2: The Hidden Card, e fala lá de um prodigio do poker que pelos vistos é sobrinho do protagonista do Tazza 1, mas não precisam ver o primeiro filme, eu não vi e compreendi tudo, aliás nem sequer há ligação entre os dois. Para quem gosta de filmes sobre poker e jogo, é uma história muito interessante (eu sou viciada eu poker, por isso...).

 

 

Séries

O grande boom do meu mês foi o regresso da melhor história alguma vez escrita, Game of Thrones e a despedida do Derek de Anatomia de Grey. Para quem não acompanhou, eu fiz uns 3 posts sobre Game of Thrones este mês (1, 2, 3). Quanto á Anatomia, chorei que me desunhei nesse episódio, parecia uma maluca. Eu já ouvi várias versões do porquê do Patrick Dempsey ir embora da série, e compreendo tudo muito bem, mas quer dizer FORAM 10 TEMPORADAS E AGORA O AMOR ACABA ASSIM COM A MORTE DELE? (o que é mais irónico nisto tudo é que ele era um neurocirurgião e morreu porque entrou em morte cerebral...)

Outlander também regressou, mas como eu li o livro entre semi-temporadas, perdi um bocadinho o interesse, porque já sei a história... Mas continua bom, quer dizer, com o Sam Heughan o que é que se podia esperar?

The Vampire Diaries... Eu já nem sei o que pensar... Estava tudo a correr bem, foi uma lufada de ar fresco ver o Stefan e a Caroline a serem maus e yolo, mas agora... Ugh, e depois volta o drama à volta do Damon e da Elena, pela 4927ª vez, já ninguém tem paciência para estes dois (se as pessoas soubessem o quão farta eu estou da Elena...).

 

Séries que estou a seguir neste momento (contendo as séries em hiatus): Game of Thrones, Revenge, The Vampire Diaries, Fresh Off The Boat, Modern Family, Sherlock, How to Get Away With Murder, Grey's Anatomy, Bob's Burguers, Outlander, North and South, Mad Men.