Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Promessa de Sangue (Blood Promise)

 

 

Autora: Richelle Mead

Edição Portuguesa: Contraponto

 

Sinopse

A saga continua e uma vez mais o amor tem de superar todas as dificuldades. A vida de Rose Hathaway nunca mais será a mesma… O recente ataque à Academia São Vladimir devastou por completo o mundo dos Moroi. Muitos morreram e os poucos que foram levados com vida pelos Strigoi esperam um destino ainda pior… Porém, apenas uma vítima importa: Dimitri Belikov. Rose vai ter de escolher entre cumprir a sua promessa e proteger Lissa – a sua melhor amiga e a última das princesas Dragomir – ou abandonar a Academia e dar caça ao homem que ama. Deverá Rose ir até ao fim do mundo para encontrar Dimitri e cumprir a promessa que ele lhe suplicou que fizesse? Terá ela força para destruir Dimitri ou irá sacrificar-se pela oportunidade de um amor eterno?

 

Opinião

Oh god, tantos sentimentos dentro de mim ao mesmo tempo à mesma horaaaaa.

 




Posso dizer que este foi o livro da saga que mais gostei até agora, sem qualquer sombra de dúvidas. Adorei o facto da Richelle ter posto aqui e ali pedacinhos do passado entre a Rose e o Dimitri que nunca tinham sido vistos e que fez com que os meus sentimentos ficassem mais estrilhaçados. Foi uma óptima maneira da Rose se lembrar dos bons momentos com o seu amorzinho sem se repetir toda a história outra vez, como acontece nestes livros.

Amei a Sydney. Eu aqui a pensar que já não ia ter de ler o Bloodlines porque o Adrian não era assim tão fantabulástico como todos diziam, mas depois de saber que a alquimista odeia todo este mundo sobrenatural e depois de todos os momentos sentimentalmente fofos que o Adrian protagonizou neste livro, estou mesmo a ver que esta vai ser a receita perfeita para um romance desastroso.

Um dos aspectos que mais contribuiu para este livro, a meu ver, foi a família do Dimitri. Chorei imenso nas cenas em que a Rose foi acolhida lá em casa como se de uma filha se tratasse e elas todas sem saber que de facto ela era uma filha. Aquelas mulheres... Sim, que um machão como o Dimka cresceu no meio de mil saias xD

Todo o enredo está excelente. Houve uma melhoria significativa na narrativa, cheia de surpresas e plot twists fantásticos que me deixaram coladinha ao ecrã. Estou desejosa por mais ^^