Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Livros Que Li Por Causa do Booktube

Eu vi um video no canal da Regan e comecei a pensar na minha vida. Eu sempre fui uma leitora, mas desde que descobri a comunidade literária online, foi como se uma espécie de bigbang acontecesse na minha vida (omg eu juro que esta piada não foi intencional wtf o meu cérebro está todo frito sorry) e comessasse uma nova era no meu vicio. Mas, e apesar de ter conhecido muitos livros por esta forma, às vezes fico surpresa como quão hipster fui em tempos, e li livros que apesar de me serem recomendados na internet numa determinada altura, foram lidos pela minha pessoa muito antes disso.

Existiu de facto uma altura em que eu fiquei seriamente preocupada com a minha identidade literária, porque tanto na minha estante de lidos como na TBR só via livros com "hype". Eu não sei se me estou a conseguir explicar, mas sempre tive um gosto literário muito meu e chegar a um ponto de ter livros que honestamente não me diziam nada só porque tinham muitas reviews na comunidade? Foi um ponto de viragem para mim, e depois de um grande unhaul, de facto já tinha pensado neste assunto, mas assim aproveito para partilhar convosco a minha experiência.

 

 

Leitura Digital (TAG) - V. 2016

Eu já tinha feito esta tag há um tempo. Mas o tempo passou e muito mudou (até rimou xD). E então achei que deveria actualizar as minhas respostas. Então vamos lá

 

1. Que suporte utilizas para ler os teus ebooks? Ereader, tablet ou pc?

Neste momento, eu leio maioritariamente no meu Kobo. Não significa que deixei os livros fisicos de parte, mas sei que 90% das minhas leituras são em formato digital.


2. Quantos ebooks já leste?

Ora bem, da última vez eram 88, deixa-me cá ir ver agora *entra no goodreads* 102. Well... na verdade pensei que já fossem mais, se calhar não fiz a tag assim há tanto tempo (mas também sei que já não leio tanto como por exemplo em 2013)


3. Qual é a língua predominante nos teus ebooks?

Continua a ser o inglês, se bem que cada vez mais tenho livros em português.

 

Titanic Book Tag

Quem nunca viu o filme? Quem não gosta da carinha de bebé do Leo? Aliás, quem ainda está à espera que ele ganhe um Óscar? Enfim, mas não é disso que eu venho aqui falar hoje. O tag original está aqui e as perguntas foram traduzidas pela Joca. Vamos lá!

 

1- Que série de livro venderias para conseguires comprar o teu bilhete para o Titanic?

Epá, tendo em conta a tragédia que foi, se calhar nenhum xD Mas pensando que aquilo era o topo de gama dos navios, e porque eu só me está apetecer ir em Primeira Classe, provavelmente vendia a BDB, porque 13 livros já deve dar para angariar uma boa quantia.


2- Com que personagem gostarias de partilhar o quarto a bordo?

com a Feyre de ACoTaR


3- Com que personagem gostarias de viver um amor a bordo?

não é claro que é com o Jem de TID??? é claro que só podia ser com ele :3


4- Que livro voltarias atrás para salvar durante o naufrágio tendo em conta que era a última cópia desse livro no planeta?

OMG... que pressão... sei lá, a bíblia sagrada?


5- Tens algum livro na estante que tenha sido publicado antes do naufrágio do Titanic em Abril de 1912?

tenho pois, a maioria dos clássicos (na minha estante) são anteriores a 1912, mas o que eu tenho como lido antes desse ano é o The Awakening de Kate Chopin


6- Desenha a capa de um livro sem olhar para ela em 30 segundos

ficou surpreendentemente melhor que eu esperei, mas também era fácil (Twilight) - ou então foram muitos anos a olhar para aquela capa

Sem Título.png

7- Que objeto de um livro gostarias de encontrar no teu bolso depois da tragédia?

uma varinha mágica que era sinal que eu finalmente ia para Hogwarts

A Court of Thorns and Roses

 

Autora: Sarah J. Maas

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

When nineteen-year-old huntress Feyre kills a wolf in the woods, a beast-like creature arrives to demand retribution for it. Dragged to a treacherous magical land she only knows about from legends, Feyre discovers that her captor is not an animal, but Tamlin—one of the lethal, immortal faeries who once ruled their world.

As she dwells on his estate, her feelings for Tamlin transform from icy hostility into a fiery passion that burns through every lie and warning she's been told about the beautiful, dangerous world of the Fae. But an ancient, wicked shadow grows over the faerie lands, and Feyre must find a way to stop it... or doom Tamlin—and his world—forever.


Opinião

Yes! OMG Ninguém tem noção do quão feliz eu estou neste momento. Por um lado comecei o ano 2016 em altas e depois porque após ter abandonado a série Throne of Glass, tinha um vazio muito grande no meu coração, porque realmente gostei bastante da escrita da autora. No inicio estava um tanto reticente, tinha esta mania de que não ia gostar de recontos, ainda para mais do meu filme favorito da Disney, e até porque nunca tinha lido nada sobre fadas  e quando falo em fadas só me lembro da Sininho. Graças ao Caldeirão, tudo correu bem.

 

Janeiro - Filmes e Dramas

Este mês, parecendo que não, até foi produtivo. Não pensei nada que tivesse conseguido tanto (sim, é pouco, mas para mim é muito). Bem, vamos lá começar então.

 

Filmes

Maze Runner: The Scorch Trials

Este filme deixou-me tão WTF. Eu adorei o primeiro filme, estava super entusiasmada para este e depois fiquei confusa do inicio ao fim. Já não me recordava muito do primeiro e este segundo foi uma coisa tão a correr que eu nem tive tempo de processar bem as coisas. Quando dei por mim estava chocadíssima por estar a ver um filme de zombies. Enfim, foi uma experiência esquisita, mas já agora tenho de ver o último, para ver se afinal consigo perceber que raio é que se passou.

 

Dramas

Angel Eyes

Eu comecei a ver este drama no dia de Natal, quando as pessoas começam a ir para casa e já não há nada que fazer. Vi dois episódios seguidos, chorei muito e achei que ia ser o drama da minha vida. Não é um drama mau, mas achei que poderia ter sido bem melhor. Na verdade gostei muito mais dos actores do "passado" do que do "presente", e achei que houve muito drama desnecessário (mas pronto, é um melodrama).

 

EXO Next Door

Eu, sem vergonha nenhuma, vi este drama num dia. Mas também com episódios de 10 minutos queriam o quê? Não é que eu seja especialmente fã dos EXO, que não sou, mas gosto de algumas músicas deles e, num dia em que as funções fisiológicas femininas entram em acção, pareceu-me muito bom. A história não é a melhor coisa da vida, nem a mais verosímil, mas é engraçada e deu para rir um bocadinho.

 

Switch Girl

Ora aqui está a minha estreia em dramas japoneses. Eu sou uma grande fã de manga e anime, mas de live-actions... Nem por isso. E este nem estava na minha TBW, mas não sei bem porquê decidi ver e foi tão ridiculamente surpreendente... E acho que a palavra adequada para descrever este drama é mesmo essa, ridículo; e não é que isso seja mau, aquelas caras exageradas e paragens na história para monólogos, como se vê nos animes, resultou muito bem e fez-me dar umas gargalhadas. Sei que existe uma segunda season, mas para já não estou interessada, apesar de ter gostado minimamente desta primeira.