Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Tag das Séries Completas

Aproveitando a onda do vídeo da Kat, e porque eu tenho reparado que ultimamente são mais as séries que tenho que livros individuais, venho trazer-vos hoje mais uma visita às minhas prateleiras do goodreads, onde mostro as séries completas que eu já li, as séries que ainda estão em publicação mas que eu já li até ao último livro publicado e aquelas que eu já tenho mas ainda não lhes peguei. As séries que eu abandonei não vão ser consideradas neste post. As séries não se encontram por nenhuma ordem especial.

NOTA: existem livros que eu considero standalones ou duologias, mas qeu na realidade não o são. Por exemplo: os dois primeiros livros da série Cocktail contam a história do mesmo casal, mas a partir daí já são casais diferentes, e como não tenho intenção de seguir mais, considero-os uma duologia. O mesmo se passa com livros com os quais eu li o primeiro livro e que os seguintes são apenas companions que ou são de um POV diferente ou não trazem nada de novo à história.

 

NOTA 2: A IMAGEM JÁ FOI MODIFICADA, JÁ PODEM CARREGAR Á VONTADE

 

 

TBR Starbucks Cup + DIY TBR Jar

Eu tentei resistir. Pensei que nunca o faria, mas foi inútil. A minha TBR.... Como eu sou muito hypster, não tenho um TBR Jar mas sim um TBR Starbucks Cup (é mesmo porque o meu jeitinho para trabalhos manuais, como podem ver pelos papeis e tudo, foi directamente do caderno...). Mas pronto, para saciar a vossa curiosidade, aqui está o meu nada original TBR Cup, que muito provavelmente não irá ser tão utilizado como eu gostaria, uma vez que leio o que me dá na telha.

 

Preparativos Tudo lá dentro! Resultado final

20150120_141029.jpg

20150120_142510.jpg

20150120_142539.jpg

 

 

I Like Big Books

Por acaso até não, mas ultimamente tenho-me aventurado e por isso quero proclamar o meu orgulho com este magnifico marcador.

(carregyem para ver maior e cortem pelo cinzento)

A Viela da Duquesa (Vicolo della Duchesca)

 

Autora: Sveva Casati Modignani

Edição Portuguesa: Porto Editora

 

Sinopse

Nápoles, 1910. Numa das muitas casas pobres da Viela da Duquesa, onde Rosa Avigliano vive com a sua numerosa família, surge de repente uma jovem mulher elegantemente vestida: ela quer que Rosa lhe prepare um feitiço para conquistar o amor do marido. Teresa, a mais velha das crianças Avigliano, fica boquiaberta perante tão extraordinária aparição. Imaginativa e sonhadora, ela gostaria de poder transpor os limites daquelas vielas sem ar e sem luz, onde viu morrer de miséria, de doença e de fome amigos, vizinhos e até um irmão mais novo. Aquela visitante misteriosa encarna aos seus olhos de rapariga tudo aquilo que até ali lhe foi vedado. Mas a bonita desconhecida não é tão feliz como Teresa imagina: a condessa Josepha Paravicini abandonara há alguns meses o seu castelo no Tirol, terra então austríaca, para casar com o príncipe Enrico Castiglia e se mudar para Nápoles, renunciando aos costumes, às pessoas que amava, às paisagens, aos aromas e à sua língua de infância. Tudo isto para vir a descobrir que o marido nunca a amara. Com o destino por cúmplice, nasce entre a princesa e a rapariga do povo uma ligação que as irá manter unidas durante toda a vida. Ambas atravessam o século que há pouco terminou, sofrem duas guerras mundiais, vivem os dramas da ditadura fascista e os tempos difíceis da reconstrução, empenhando-se na luta pelas reivindicações sociais e pela conquista do direito das mulheres à dignidade.

Opinião

Epá, que sinopse enorme. Quase que me conta a história do livro toda. Lá terei de fazer a revisão toda do outro lado.

 

um clique )

The Maze Runner - filme

Este é mais uma daquelas surpresas que nos dão uma chapada tão grande que quase não nos levantamos depois (eu hoje estou muito violenta...). Foi mesmo uma excelente surpresa quando o filme acabou e eu me encontrava entusiasmada com a história (e a querer mais), porque só me tinha posto a ver o filme porque Dylan O'Brian. (apreciação do trailer aqui)

 

 

Fanfiction #1 - TOP

O Twilight foi uma experiência e tanto para 85% das adolescentes entre 2005 e 2012. Para mim, foi o fandom que me pôs a ler fanfiction, a coisa que eu antes achava horripilantes porque enfim, coisas de miúda, achava que ia misturar as histórias e afins... Mas, ao longo do tempo, fui vendo que existem por aí pessoas super talentosas e que esta sub género de fanfiction, especialmente do Twilight, tem um género que eu nunca tinha visto antes (pelo menos nunca antes tão bem feito como quem o faz), que é o romance/angst (estou a usar os termos do fanfiction.net). E, apesar de nunca ter lido fanfictions de outros fandoms (se bem que agora estou a rever a Buffy e estou seriamente entusiasmada com Scourge Of Duty, Second Chances A Love Story e Worth Fighting For), vou então agora fazer um top das minhas fanficts favoritas (algumas já nem me lembro dos nomes, por isso não vão estar aqui). Atenção que estas são quase todas Rated M, por alguma razão *wink* - sexy times

 

Pág. 1/2