Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

Fantasia

Acho que já não é segredo para ninguém que Fantasia é o meu género literário favorito, seguido de Contemporâneo (sempre com muito Romance à mistura). Porquê? Porque este mundo em que vivemos é tão aborrecido que eu preciso de acreditar em cenários muito mais excêntricos e maravilhosos, inacreditáveis e espectaculares.

 

Decidi portanto aventurar-me hoje neste tópico, com a ajuda do mui precioso Goodreads, e vou falar-vos da minha opinião sobre os diversos sub-géneros desta magnifica área (sim, que Fantasia é um universo). A arte neste post não é OBVIAMENTE minha, foi encontrada no deviantart sob pesquisa, procurem também para encontrarem os verdadeiros autores.

 

Dark Fantasy

Termo usado para descrever uma história de fantasia com um elemento de horror pronunciado. Alguns autores e críticos também aplicam o termo para fantasia que apresenta protagonistas anti-heróicos ou moralmente ambíguos.

 

Não conhecia este tipo de fantasia mas honestamente também não fico com curiosidade alguma, uma vez que coisas de terror e horror não é para a minha pessoa.

 

Epic Fantasy/High Fantasy

Subgénero da fantasia que é definido por mundos inventados ou paralelos. O mundo geralmente é internamente consistente, mas as suas regras diferem de alguma forma(s) das do mundo primário.

Toda a gente conhece este género. Senhor dos Anéis, Game of Thrones? Pois, bem me parecia... E por muito que eu queria, não dá. Eu vejo a série Game of Thrones e adoro, mas nego veentemente a leitura dos livros porque para já a série ainda não está acabada e porque aqueles livros são gigantes (se eu até com a série não sei quem metade das personagens são, imagino a lê-las...). Daqui se vê que prefiro ver do que ler este género (se bem que nunca vi o Senhor dos Anéis, por muito que tente acabo sempre a dormir - true story).

 

 

Hierarquia Literária

Mais um dia, mais uma tag. O que vale é que sei que não sou a única pessoa completamente obcecada por este tipo de desafias. E falando de reis e realeza e afins, É CLARO que eu tinha de responder. O original encontra-se aqui, e vamos lá ao que interessa! Eu começo sinceramente a cansar-me de dar sempre as mesmas respostas. E por isso isto hoje vai levar uma reviravolta, porque vou tentar ao máximo escolher outros títulos para além dos habituais (vamos lá ver como me saio).

 

1º- Rex: Que livro impera a tua estante - quer por tamanho ou importância.

Ora bem, então um livro que significa muito para mim e que não falo suficientemente (acho que nunca falei dele aqui) é o História de Uma Gaivota e do Gato que a ensinou a Voar. Foi o primeiro livro depois de toda aquela panóplia juvenil de 'Uma Aventura' e 'Os Cinco' e afins e que me levou ainda mais para o lado da leitura.

 

2º- Criados: sempre aqui para servir - Qual o livro que não abdicarias da tua estante ou sem o qual não poderias viver?

todos O Monte dos Vendavais. Como é que eu poderia viver sem o meu clássico favorito?

 

3º- Principes e princesas: Qual o livro que em seguimento do imperador, é o mais importante para ti?

The Perks of being a Wallflower. Só porque foi o primeiro livro que li em inglês.

 

4º- Rainha: Porque nem só de rainhas insonsas falam os livros, qual a personagem mais badass da tua estante?

Caso ainda não tenham reparado, eu não sou muito de badassery, mas qualquer um dos irmãos da Irmandade da Adaga Negra ganha a qualquer outra personagem.

 

5º - Castle sweet castle: Qual o lugar literário onde gostarias de ir/viver.

Sendo que neste momento estou a ler o DOSAB, Praga (que não seria tão impossível assim de acontecer).

 

6º- Fiel escudeiro: Qual o personagem da tua estante com o qual gostarias de travar amizade.

Hmm amizade...? A Caroline do Wallbanger (que eu li como fanfiction e que foi das minhas preferidas) que é cómica e trapalhona como eu.


7º- Amor proibido: Qual o livro da tua estante que tens vergonha de dizer que leste ou qual o teu amor platónico literário.

QUAL O MEU AMOR PLATÓNICO, TÊM NOÇÃO QUANTOS SÃO? Não diria vergonha nem receio, mas já sei que a partir do momento em que digo que gostei do Crepúsculo, vão chover insultos e piadinhas tolas, mas também não me importo :P

 

8º- Conselheiro do reino: Qual o personagem/livro que já mais te fez pensar.

A Rapariga que Roubava Livros ou qualquer outro sobre o holocausto, como O Rapaz do Pijama às Riscas, que me põem sempre a pensar como é que uma atrocidade daquele tamanho aconteceu entre pessoas humanas com sentimentos que são tão mais importantes que opções religiosas.

 

9º- Blhach! O meu futuro marido e rei: Que personagem não gostas mas ainda assim tens de lidar, pois faz parte de um dos livros da tua vida.

A Crista do Inferno de Gabriel. Just.......

 

10º- Chins up smiles on: Qual a personagem com mais classe ou mais "tia" da tua estante.

O Adrian de Bloodlines xD É lá da realeza vampírica, todo chique e apesar de não ser nada como eu o estou a descrever, a verdade é que pode muito bem vir-se a ver essa vertente nos próximos livros (era giro xD)

 

11º- A mais bela do reino: Qual a capa mais bonita da tua estante.

A capa cor-de-rosa de Anna & the French Kiss (aquele que tem a torre eiffel por trás num por de sol fofinho)

Why We Broke Up

 

Autora: Daniel Handler

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

 

Sinopse

I'm telling you why we broke up, Ed. I'm writing it in this letter, the whole truth of why it happened.
Min Green and Ed Slaterton are breaking up, so Min is writing Ed a letter and giving him a box. Inside the box is why they broke up. Two bottle caps, a movie ticket, a folded note, a box of matches, a protractor, books, a toy truck, a pair of ugly earrings, a comb from a motel room, and every other item collected over the course of a giddy, intimate, heartbreaking relationship. Item after item is illustrated and accounted for, and then the box, like a girlfriend, will be dumped.

 

Opinião

Este livro... Eu nem sei... Eu tenho uma queda para este tipo de histórias trágicas e pós-relacionamento que é uma coisa estúpida, e quando vi o título deste livro (sem sequer ter lido a sinopse) disse logo para mim mesma 'well, mais um para a tbr'. Sinceramente, não pensei que o lê-se tão cedo, mas aconteceu.

 

Organizador

Há muito tempo que já não punha aqui um DIY, não era? E o que vale é que este também dá para o dia de hoje, se ainda não encontraram a prenda perfeita para as vossas mamãs.

Quantas vezes temos uma ideia super fantástica ou nos lembramos de algo do qual não nos podemos dar ao luxo de esquecer, e ficamos sempre com uma cruz na mão que nunca significa nada de especial? Pois hoje surgiu a solução para os vossos problemas, com este fantástico mini-bloco de notas personalizado.

 

 

Fonte: Paper Perfect Designs