Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

TOP 10 Livros Marcantes

Já andava a querer fazer esta tag há algum tempo, mas a Rita fez o favor de me tagar, e então cá estou eu. A razão pela qual fui adiando a realização deste tag é o facto de a maioria das respostas serem iguais de individuo para individuo, e não me estava a apetecer fazer parte do grande numero de pessoas que vai destacar as mesmas séries e os mesmos livros. E por isso, apesar de não dar uma explicação pormenorizada (porque é igual em todo o lado), vou apenas fazer a lista. Então cá vai ela:

 

  1. Harry Potter
  2. Crepúsculo
  3. Caçadores de Sombras - As Origens
  4. História de Uma Gaivota e do Gato Que a Ensinou a Voar
  5. O Monte dos Vendavais
  6. O Inferno de Gabriel
  7. O Princepezinho
  8. Easy
  9. The Perks of Being a Wallflower
  10. O Rapaz do Pijama às Riscas

Tormento (Torment)

 

Autora: Lauren Kate

Edição Portuguesa: Planeta Editora

Status: Abandonado

 

Sinopse

O inferno na Terra. É como Luce se sente por estar longe do namorado anjo caído, Daniel. Levaram uma eternidade a encontrarem-se e agora ele diz-lhe que tem de partir. Afastar-se para perseguir os Proscritos - imortais que querem matar Luce. Daniel esconde Luce em Shoreline, um colégio na rochosa costa da Califórnia com estudantes estranhamente dotados: os Nefilim, filhos de anjos caídos e humanos. Em Shoreline, Luce fica a saber o que são as Sombras e como as pode usar por serem janelas para as suas vidas anteriores. Contudo, quanto mais aprende mais suspeita que Daniel não lhe contou tudo. Oculta-lhe qualquer coisa… qualquer coisa perigosa. E se a versão do passado referida por Daniel não corresponder à verdade? E se Luce estiver na realidade destinada a ficar com outra pessoa? Este é o segundo romance desta viciante série Anjo Caído... onde o amor nunca morre.

 

Opinião

Cá está a prova que a sabedoria popular tem sempre razão: uma desgraça nunca vem só. Este 2014 tem sido o ano do abre olhos e do fuck you bitch, porque neste ano é que me calham todos os livros que parecem tão fantásticos a toda a gente e aos quais eu não acho piada nenhuma.

 

Spoilers

Não há leitor compulsivo que utilize a maravilhosa Internet e não se depare com spoilers. Aliás, nem é preciso a magia da WWW, basta estar com um muguxo mais entusiasta e que já tenha lido "aquela parte" e de repente lá vai ela e sai-lhes da boca tudo o que nós ainda não sabíamos.

Mas nem todas as vezes é assim. Às vezes até somos nós próprios a procurar informação, quando queremos mesmo saber o que vai acontecer e já não aguentamos a ansiedade, e acabamos com informação indesejada que nos estraga os planos.

Então o que é que será melhor, spoilarmo-nos porque queremos saber a resolução de todos os problemas ou ficarmos a encher o balão da tensão para não existirem surpresas armadilhadas? (*cough dimitri strigoi cough*)

 

Não vos vou mentir, a minha série favorita (The Infernal Devices) talvez o seja também devido ao facto de eu nunca, em momento algum, me ter deixado spoilar; deixei que as reviravoltas me chocassem e que as emoções me tomassem por completo e me mandassem ao chão sem dó nem piedade. Isto é tudo muito bonito, mas a verdade é que também é a existência de fandoms na internet que ajuda imenso quando queremos saber das coisas giras que vão acontecer (tipo cenas calientes).

 

Então qual é a forma de ter o melhor dos dois mundos (não, não fui patrocinada pela Hannah Montana)? Qual a melhor maneira de não nos spoilarmos ou spoilarmos os outros?

 

Muita gente evita ler sinopses e revisões para evitar esta praga, mas até que ponto é que isso é benéfico? Entrar à descoberta num livro do qual pouco ou nada se sabe pode ser um bocadinho perigoso, especialmente se o livro não corresponder às expectativas, sabendo que poderíamos facilmente ter evitado um investimento de sentimentos num livro que acabou por não nos levar a lado nenhum com a leitura de uma ou duas revisões.

 

A minha sugestão é ler a sinopse de contracapa e ver apenas as ratings estreladas. Assim, tem-se uma noção do quão 'amado' é um livro (se muitas pessoas gostam, não há-de ser assim tão mau). Quanto à procura do próprio, o melhor é perguntar/dizer que se tem a certeza que se quer ser spoilado, para depois não haver confusões.

 

Gostava de saber a vossa opinião, concordam com os spoilers ou nem por isso?

Marcadores - TID

Hey! Hoje é mais um dia de marcadores felizes para todos os boorkworms. E o tema de hoje é Shadowhunters! E como eu sou mais caída para o The Infernal Devices é claro que não vai haver aqui Jaces nem afins. todos os fanarts foram encontrados no devianart e naturalmente eu não detenho os direitos de autor. Enjoy. (carreguem para ver o tamanho original)

 

 

 

     

Anjo Caído (Fallen)

 

Autora: Lauren Kate

Edição Portuguesa: Planeta Editora

 

Sinopse

Existe qualquer coisa de dolorosamente familiar em Daniel Grigori. Misterioso e distante, prende a atenção de Luce Price logo que o vê no primeiro dia de aulas no internato Sword & Cross, em Savannah. É a única coisa boa num lugar onde os telemóveis são proibidos, os outros estudantes são tramados e as câmaras de segurança vigiam todos os movimentos. Excepto uma coisa: Daniel não quer ter nada a ver com Luce e faz o possível para tornar isso muito claro. Mas ela não consegue desistir. Atraída para ele como uma borboleta para uma chama, Luce tem de descobrir o que Daniel, desesperado, tenta manter em segredo… mesmo que a mate. Perigoso, excitante e sombriamente romântico, Anjo Caído é uma apaixonante e perfeita história de amor.

 

Opinião

Já perceberam que os meus gostos paranormais são recorrentes não? Ora é anjos ora é vampiros... Enfim, o certo é que eu conheço esta série desde que li o Hush Hush (que pelos vistos tem muitas fãs comuns). Mas até há pouco tempo, não conhecia a sinopse, por isso era-me indiferente. Só que quando a li, achei tão fofo que tive de me aventurar (e não, não é a sinopse de cima, é outra sinopse que revela mais do que a típica histórinha adolescente de amor proíbido e com imensos obstáculos).