Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

The Indigo Spell

 

Autora: Richelle Mead

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

In the aftermath of a forbidden moment that rocked Sydney to her core, she finds herself struggling to draw the line between her Alchemist teachings and what her heart is urging her to do. Then she meets alluring, rebellious Marcus Finch--a former Alchemist who escaped against all odds, and is now on the run. Marcus wants to teach Sydney the secrets he claims the Alchemists are hiding from her. But as he pushes her to rebel against the people who raised her, Sydney finds that breaking free is harder than she thought. There is an old and mysterious magic rooted deeply within her. And as she searches for an evil magic user targeting powerful young witches, she realizes that her only hope is to embrace her magical blood--or else she might be next.
Populated with new faces as well as familiar ones, the Bloodlines series explores all the friendship, romance, battles, and betrayals that made the #1 New York Times bestselling Vampire Academy series so addictive—this time in a part-vampire, part-human setting where the stakes are even higher and everyone’s out for blood.

 

Opinião

Só agora reparei, depois de já estar quase a acabar o The Fiery Heart, que nem sequer tinha feito a do livro anterior. Bem, os detalher já me escaparam, mas vamos lá a isto. Adrian! Este homem vai-me matar com tanta fofice (e malandro, o moço!). Como é que a Sydney aguentou tanto? Bem, na verdade ela não aguentou foi nada, if you know what i mean ^^

 

como eu leio

original aqui

 

 

Como descobres novos livros para ler?

Essencialmente no Goodreads, ou quando faço a visita rotina às estantes da fnac.

 

Como é que começaste a gostar de ler?

Honestamente, nem eu sei. Acho que logo da primeira vez que li um livro, considerei logo que gostava de ler, so... 

 

Os teus gostos literários mudaram desde que começaste a ler?

Sim, mal seria se não mudassem, senão a esta hora ainda estava a ler livros do género do Uma Aventura. Houve uma altura que me foquei muito nos clássicos, mas agora é mais YA paranormal. 

 

Com que frequência compras livros?

Tendo em conta que eu agora já não compro livros nas livrarias, é-me difícil responder, mas acho que era mais por volta do Natal que comprava alguns.

 

Como é que começaste um blog sobre livros? (pergunta adaptada visto que isto não é o youtube)

Comecei este blog porque senti que queria partilhar a minha opinião sobre o que lia, e como sou dada a emoções muito fortes e gosto de recordar o passado, there you go. 

 

Como é que reages quando não gostas do final de um livro?

Mal. Muito mal.

 

Com que frequência te spoilas propositadamente?

Esta é uma boa pergunta, qualquer dia faço um post só sobre isto. Posso dizer que é com alguma frequência, porque muitas vezes sou tão curiosa que não aguento.

 

The Golden Lily

 

Autora: Richelle Mead

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

Sydney Sage is an Alchemist, one of a group of humans who dabble in magic and serve to bridge the worlds of humans and vampires. They protect vampire secrets—and human lives. Sydney would love to go to college, but instead, she’s been sent into hiding at a posh boarding school in Palm Springs, California–tasked with protecting Moroi princess Jill Dragomir from assassins who want to throw the Moroi court into civil war. Formerly in disgrace, Sydney is now praised for her loyalty and obedience, and held up as the model of an exemplary Alchemist. But the closer she grows to Jill, Eddie, and especially Adrian, the more she finds herself questioning her age–old Alchemist beliefs, her idea of family, and the sense of what it means to truly belong. Her world becomes even more complicated when magical experiments show Sydney may hold the key to prevent becoming Strigoi—the fiercest vampires, the ones who don’t die. But it’s her fear of being just that—special, magical, powerful—that scares her more than anything. Equally daunting is her new romance with Brayden, a cute, brainy guy who seems to be her match in every way. Yet, as perfect as he seems, Sydney finds herself being drawn to someone else—someone forbidden to her. When a shocking secret threatens to tear the vampire world apart, Sydney’s loyalties are suddenly tested more than ever before. She wonders how she's supposed to strike a balance between the principles and dogmas she's been taught, and what her instincts are now telling her. Should she trust the Alchemists—or her heart?

 

Opinião

Epá, mas que grande sinopse, quase que contam a história toda!

Nem sei por onde começar com este livro. Apesar de ter dado uma classificação fraquinha, este deve ter sido dos livros da Richelle que mais emoções me transmitiu, não só pelo seu conteúdo, mas porque mais uma vez me spoilei sem querer (o que vale é que foi numa parte boa) e andei toda desorientada e histérica.

Não é segredo para ninguém que esta série tem como casalinho principal a Sydney e o Adrian, mas até chegar à parte da 'casalinho' ainda se percorre um longo caminho (por isso é que depois de me spoilar, andava a ler este e o The Indigo Spell ao mesmo tempo).

 

Maravilhas de Inverno

Como não poderia deixar de ser, um tag natalício (pronto de inverno), originalmente feito aqui. Esperemos que as respostas não sejam muito previsíveis, mas nunca se sabe.

 

Que livro é tão doce e fofo que faz derreter o teu coração?

Oh, mas isto é muito fácil. Anna e o Beijo Francês, duh.

 

Qual é o teu livro favorito com capa branca?

OMG, como é que eu vou fazer isto? Os meus livros têm quase todos cores escuras... Anyway, olha vou escolher o The Golden Lily. Não é branco, eu sei... é tipo... Bege, que também é natalício xD (ou era este ou O Cavaleiro da Dinamarca)

 

Estás sentada numa cadeira confortável, enrolada numa mantinha fofa, com uma caneca de chocolate quente. Mas que livro de montros é que estás a ler?

Eu não gosto de livros de terror e de monstros, e como eu não considero vampiros e zombies e isso monstros, vou escolher o meu livro preferido (ainda não lido mas com a história toda sabida) do Stephen King - que ele é dado ao terror e cenas -, e será a Carrie.

 

Começou a nevar e decidiste fazer uma guerra de bolas de neve. Com que personagen ficticio gostarias de ter esta luta de bolas de neve?

Com ninguém muito badass, que eu sou uma pessoa frágil (por isso gente do Vampire Academy, Os Jogos da Fome e Irmandade da Adaga Negra estão excluídos). Talvez o Jem Carstairs, sim o Jem era fofo o suficiente para se dar uma luta gira sem muito ferocidade.

 

A tua lareira está-se a apagar. De que livro irias arrancar os últimos capítulos par mandar para a fogueira?

Com o que eu tenho esperneado à cerca deste livro, nem é de surpreender eu escolher o Requiem.

 

Que livro está no teu coração e darias de presente a alguém que não tenha lido mas que o quer começar a fazer?

Aqui teriam de ser ponderados vários aspectos como o género do individuo, a idade, a minha leitura de personalidade da pessoa em questão... Mas vou tentar organizar aqui os pensamentos (claro que não vou escolher só um livro e vou fazer divisão, mas qualquer uma das categorias poderia ler os livros de outra):

  • Crianças e Pré-Adolescentes, independentemente da idade: Harry Potter, Percy Jackson
  • Adolescentes Femininas: (oh god, por onde começar?) Twilight, Vampire Academy, The Infernal Devices (após lerem TMI)
  • Adolescentes Masculinos: The Hunger Games, Divergent, Maximum Ride