Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

The Fiery Heart

 

Autora: Richelle Mead

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse:

In The Indigo Spell, Sydney was torn between the Alchemist way of life and what her heart and gut were telling her to do. And in one breathtaking moment that Richelle Mead fans will never forget, she made a decision that shocked even her. . . .
But the struggle isn't over for Sydney. As she navigates the aftermath of her life-changing decision, she still finds herself pulled in too many directions at once. Her sister Zoe has arrived, and while Sydney longs to grow closer to her, there's still so much she must keep secret. Working with Marcus has changed the way she views the Alchemists, and Sydney must tread a careful path as she harnesses her profound magical ability to undermine the way of life she was raised to defend. Consumed by passion and vengeance, Sydney struggles to keep her secret life under wraps as the threat of exposure—and re-education—looms larger than ever.
Pulses will race throughout this thrilling fourth installment in the New York Times bestselling Bloodlines series, where no secret is safe.

 

Opinião:

Esta revisão está a ser escrita 10 minutos depois de ter acabado de ler o livro, a meio de uma aula de Metolodologias de Investigação (#sorrynotsorry stora), que não interessa nem à Sydney.

Uma semana! Uma semana foi o que eu esperei para ler isto e uma semana o demorei a ler. E agora vou ter de esperar não sei quantos meses para ver o que é que se vai passa! Não é justo (como vêem é só feels nesta volume).

 

soundtrack para um feliz natal

O feel the pages deseja a todos os leitores e leitores um santo e feliz natal, cheio de livrinhos debaixo da árvore de natal e cânticos natalícios a estoirar a aparelhagem. Não se esqueçam de colocar um pratinho de bolachinhas com pepitas de chocolate e um copinho de leite para o Pai Natal, quem vem muito cansado da sua viagem desde a Lapónia.

 

Como não podia deixar de ser, o espírito natalício invade o blog e aqui vos deixo duas horas de músicas de natal para rebentarem os tímpanos à vossa familia. (Não me julgem já, que eu gostei muito de Glee nas primeiras 3 temporadas mas depois perdi o interesse; ainda assim, eles cantam muito bem, so...) {#emotions_dlg.painatal}

 

POST SCRIPTUM: tal sorte, uns dias depois de eu fazer este post, tiraram o video do youtube :(

clutch literária

Ainda estão a comprar prendas? Já esgotou tudo o que vocês queriam? Não temam, que cheguei eu aqui com uma óptima sugestão para umas prendinhas de última hora que só precisam de meia dúzia de bujigangas que ainda aí andam por casa e que já não têm uso nenhum. Vou por aqui mais do que uma maneira de fazer clutchs a partir de livros ao longo da rúbrica 'mãos á obra', mas hoje deixo aqui aquela que eu considerei mais rápida e fácil (e com menos materiais, visto que isto há-de ser feito em modo 112 preciso de uma prenda).

 

Quão linda é esta clutch maravilhosamente vintage feita a partir de um livro que andava a cair aos bocados? Existem sempre livros deste género naquelas feirinhas de livros de jardim e que custam sempre uma ninharia.

 

 

Source: Runway DIY

 

 

lista para o pai natal - 2013

Falta uma semaninha e eu aqui sem uma listinha feita! Não pode ser. Por isso vou agora apresentar-vos tudo aquilo que eu gostaria de (e que de certeza que não vou) receber. Se calhar é melhor fazer com categorias... Sim, a lista é extensa, o trenó tinha de vir cheio só para mim.

 

A maioria estão relacionados com fandoms e eu deixo os links para mais informações. Comecemos então.

 

Livros

Existem pessoas que compram livros para os ler. Eu compro livros quando já os li (e por isso sei que vale a pena investir o money). e até tenho uma prateleira no Goodreads exclusiva aos livros que tenho de comprar, tornando tudo mais fácil para quem quiser desenbolçar uns eurinhos:


https://www.goodreads.com/review/list/12859811?shelf=to-buy

 

 

 

Pág. 1/3