Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

também temos bons autores em portugal

 

Ora isto não é só fazer revisões, também há que dar a conhecer novos livros. E tal como em Economia, temos de favorecer os autores portugueses. Eu sou uma das pessoas que não gosta especialmente de literatura portuguesa moderna, porque apesar de se encontrar meia dúzia de livros que valem a pena ser lidos, o resto é tudo muito vazio. E convenhamos, não existe uma grande variedade de géneros: é quase tudo romance. Não estou a dizer que não há bons escritores em Portugal, que os há, simplesmente não consigo satisfazer as minhas necessidades literárias com calhamaços que façam de guerra e pollitica; não faz parte do meu gosto pessoal e é por isso que não me apelam minimamente.

 

Mas desde que tenho conta no Goodreads tenho vindo a descobrir coisas maravilhosas. Hoje vou apresentar-vos três autores, portugueses, que embora ainda não tenha tido oportunidade de ler, pelas sinopses que li parece-me que dão ou vão dar cartas nestas bandas. Fiquei surpreendida porque não conhecia muitos portugueses a aventurarem-se nos géneros 'Fantasia' ou 'Fantasia Épica' e que conseguissem criar um universo que não parece-se infantil ou demasiado imaginário.

 

 

A Cidade das Almas Perdidas (City of Lost Souls)

 

 

Autora: Cassandra Clare

Edição Portuguesa: Planeta Editora

 

Sinopse

O demónio Lilith foi destruído e Jace liberto do cativeiro. Quando os Caçadores de Sombras chegam, porém, nada encontram além de sangue e vidros partidos. O rapaz que Clary ama desapareceu, bem como o que odeia: o irmão, Sebastian, determinado a vencer os Caçadores de Sombras.
A magia de Clave não consegue localizar o paradeiro de nenhum dos jovens, mas Jace não pode ficar afastada de Clary. Quando se reencontram, Clary descobre o horror causado pela magia de Lilith - Mal. A Clave está determinada a destruir Sebastian, mas é impossível atingir um dos rapazes sem destruir o outro.

 

Opinião

Se eu pensava que tinha demorado a ler o Fallen Angels, o Lost Souls levou-me a todo um outro nível de procrastinação. Com a semana académica pelo meio, lá fui pondo de lado o livro e só depois é que o li em 3 dias.

 

Votem WILL HERONDALE

Ora bem, meus fofis. Isto não é directamente relacionado com revisão de livros. Mas vou puxar a brasa á minha sardinha, porque eu não quero que o meu Willy perca. Por isso peço a todas as leitores e leitores que entrem neste site e votem no Will Herondale, porque é muito importante que ele ganhe :3

Na Sombra do Perigo (Lover Unleashed)

 

 

Autora: J. R. Ward

Edição Portuguesa: Casa das Letras

 

Sinopse

Payne, irmã gémea de Vishous, em muito se assemelha ao irmão. Lutadora por natureza e rebelde no que diz respeito ao papel tradicional das fêmeas Escolhidas, o Outro Lado não é lugar para ela... e a frente de batalha da guerra também não. Quando fica paralisada na sequência de uma lesão em combate, um cirurgião humano, o doutor Manuel Manello, é chamado para a curar de um modo que só ele é capaz - e em breve se vê arrastado para o mundo secreto e perigoso da fêmea. Embora nunca tivesse acreditado que a noite encerra coisas estranhas - como vampiros - dá consigo mais do que pronto a deixar-se seduzir por aquela fêmea poderosa que o marca de corpo e alma. O mundo humano e vampiro chocam à medida que os dois amantes se veem ligados por muito mais do que uma simples atração erótica... e Payne é surpreendida por uma vingança com séculos que coloca em risco a sua vida e o seu amor.

 

Opinião

Tal não é o meu espanto de saber que no passado dia 9 saiu a tradução do livro da Payne. Apesar de já conhecer os livros desta saga à imenso tempo, não acompanhava a sua saída com frequência, e como saiu o livro do John Matthew em Janeiro, nunca pensei que agora em Julho iria sair outro. Se todas as traduções em Portugal fossem feitas todas com esta rapidez, estava eu no paraíso.

 

Delirium

 

Autora: Lauren Oliver

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

Ninety-five days, and then I'll be safe. I wonder whether the procedure will hurt. I want to get it over with. It's hard to be patient. It's hard not to be afraid while I'm still uncured, though so far the deliria hasn't touched me yet. Still, I worry. They say that in the old days, love drove people to madness. The deadliest of all deadly things: It kills you both when you have it and when you don't.
Lauren Oliver astonished readers with her stunning debut, "Before I Fall." In a starred review, "Publishers Weekly" called it "raw, emotional, and, at times, beautiful. An end as brave as it is heartbreaking." Her much-awaited second novel fulfills her promise as an exceptionally talented and versatile writer.

 

Opinião

É inacreditável. Como é que eu posso baralhar-me tanto? Os livros que eu acho fantásticos e que guardo religiosamente nos confins da minha memória para que sejam só do meu conhecimento especial, estão traduzidos. Este, que eu tinha a certeza ABSOLUTA SINTÉTICA ANALÍTICA que já havia nas livrarias, não existe traduzido. E isto está-me a fazer uma confusão tremenda, porque eu podia-vos jurar que quando a Worten começou a vender livros, este era um dos que lá estava (daí eu pensar que havia em português).

 

os olhos também comem

Toda a gente que gosta de ler diz que não se deve julgar um livro pela capa, porque o que conta é a beleza interior. Mas todos sabemos que os olhem também gostam de uma coisinha que alegre a vista e que por vezes somos influenciados pelo tipo de capas que as editoras escolhem. Pessoalmente, gosto de campas simples, minimalistas mas com um toque especial. E também aprecio quando a capa têm a ver com a história do livro, e não quando põem um pato na capa e depois o livro fala de gansos. Em Portugal, não conheço empresas que se dediquem só ao design de capas de livros, mas de lá fora posso dizer que adoro as capas feitas pela Okay Creations. Deixo aqui as capas que mais gosto e talvez mais tarde volte a fazer esta secção outra vez, porque andam sempre livros novos.

 

 

       
     
     

Pág. 1/2