Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

The Selection

 

Autora: Kiera Cass

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

For thirty-five girls, the Selection is the chance of a lifetime. The opportunity to escape the life laid out for them since birth. To be swept up in a world of glittering gowns and priceless jewels. To live in a palace and compete for the heart of gorgeous Prince Maxon. But for America Singer, being Selected is a nightmare. It means turning her back on her secret love with Aspen, who is a caste below her. Leaving her home to enter a fierce competition for a crown she doesn't want. Living in a palace that is constantly threatened by violent rebel attacks. Then America meets Prince Maxon. Gradually, she starts to question all the plans she's made for herself—and realizes that the life she's always dreamed of may not compare to a future she never imagined.

 

Opinião

Com o quanto eu gosto de príncipes e princesas, até fico admirada de não ler romance histórico. É nas famílias reais que se dão as maiores escandaleiras e onde as histórias mais românticas acontecem. 

 

Deve ser das únicas vezes que de facto a sinopse conta o que realmente se passa na história. Mas a capa... Oh god, não se ponham com invenções; pela maneira com a America descreve os vestidos que as aias lhe fazem, não tem nada a ver com folhos e corpetes. Enfim, estratégias de markting mal conseguidas...

 




Esta história podia ser muito previsível. Demasiado, se me pedissem a opinião antes de ler. Confesso que quando a America foi escolhida, o meu primeiro pensamento foi 'estava-se mesmo a ver' e até fiquei ligeiramente aborrecida, mas se fosse para haver a Selecção e a protagonista não fosse escolhida e a narrativa fosse só ela a ver as outras 35 raparigas pela televisão, nem sequer tinham existido os livros.

 

Estou deveras curiosa para ver o desenvolvimento deste primeiro livro, tanto porque adoro o Aspen (cabelo preto e olhos verdes são o meu undoing), quer porque também me afeiçoei ao Maxon. Foi uma excelente estratégia da autora não ter desvendado toda a Selecção no primeiro livro. Para ser sincera, não me parece que se consiga criar muitas situações diferentes neste tipo de história, é essencialmente a escolha que o príncipe vai fazer, as provas a que as meninas são expostas e o triângulo amoroso que se gera na vida da America. Assim sempre se aguenta o suspense e a curiosidade para ler o próximo livro.

 

A review hoje é curtinha, mas não posso dizer mais nada porque depois spoilo-vos demais. É que neste caso, é mesmo crucial só lerem a sinopse para se ter a ideia inicial e ler sem pesquisa na internet, senão descobre-se logo tudo e é uma chatice.