Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

feel the pages

uma fangirl obsessiva compulsiva opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção

sobre o blog

uma fangirl obsessiva compulsiva decidiu fazer um blog onde opina e partilha a sua experiência sobre livros de ficção, alguns já existentes em portugal, alguns ainda em tradução e outros sem lançamento previsto nesta miniatura de país.

remember. (QUASE) TODAS AS REVISÕES TÊM SPOILERS, POR ISSO BE AWARE!

semi-hiatus

Como já perceberam, o blog não tem tido muita agitação neste últimos tempos... NENHUMA agitação. Na verdade, a vida complica-se e de um momento para o outro deixamos de ter motivação para as coisas, mas isso não quer dizer que eu já não leio ou que já não me interesso por livros, só que em cada momento da vida me apetece um tipo de ficção, e neste momento parece que o que me tem entretido não são páginas (se bem que que eu estou a ler UM À DOIS MESES E ESTOU A ADORAR E SEI QUE VAI SER DE CERTEZA UM LIVRO DE 4 ESTRELAS), no entanto continuo a actualizar as redes sociais dos filmes, dos dramas, dos animes e até mesmo o Goodreads, portanto se quiserem ir acompanhando enquanto não volto ao blog (que não será para já), podem fazê-lo na mesma.

mais uma ressaca literária

Num período de dois anos, esta já deve ser a quarta ressaca literária que tenho. Nota-se pela minha ausência aqui no blog, certo? É que nestes últimos tempos eu desisti de dois livros que eu achei que iam ser mesmo a minha cara e neste último estava a ver que não o acabava... E a culpa é de quem? Também gostava de saber; é fácil dizer que foi a partir do A Court of Mist and Fury, que aquele livro me deixou toda de pernas para o ar, mas também não acho justo estar a culpar a minha inabilidade de ler livros num outro livro, estão a perceber? É que se eu ainda estivesse super obcecada pelo ACoMaF, tudo bem, mas já passaram uns meses, só que parece que as minhas forças foram completamente drenadas, já não consigo fazer nada.

 

Talvez fosse uma péssima ideia sair de um "fenómeno" para outro, mas logo a seguir fui-me por a ler o The Raven Boys, porque o quarteto já estava completo e eu sou daquelas que gosta de uma boa maratona, pensei que ia correr tudo pelo melhor... Mas ao fim de 50 páginas e muitos revirar de olhos, já não aguentei e pus de lado. E o que é que esta inteligência pensou a seguir? "Bem, eu estou assim porque estava mesmo era a gostar de fantasia épica", diz a pessoa que não se define como a maior fã de fantasia épica. E então o que é que eu fiz? Peguei no Falling Kingdoms. É, eu sei, esperta... Repetiu-se a mesma história, mas com um bocadinho de mais páginas. No entanto, para minha defesa, se este último não tivesse uma narração tão lenta. O que vale nisto tudo é que não os pus definitivamente de lado, do género DNF nem me interessa, pelo menos o último quero muito continuar quando tiver paciência para tal.

 

Lá consegui ler um contemporâneo new adult que faz parte de uma trilogia (que também não vou continuar, pelo menos para já), que demorei imenso a ler e só não desisti também porque já só faltavam umas 30 páginas para o fim. Agora recorri à rainha da cura das ressacas, a ver o que vai sair daqui, até porque A Caribbean Mystery o era uma livro que eu queria ler no Verão, umas vez que é num cruzeiro e lembra as férias...

The Author Scenario TAG

Dois tags seguidos? É a loucura! (original aqui)

 

1. RE-READ AUTHOR- Which author do you go to when you feel like rereading a book?

Eu não sou uma pessoa que releia livros, a única vez que o fiz foi na época do Twilight, só there you go.


2. MIDNIGHT RELEASES- Which author do you make sure you get every new release from immediately?

Sarah J. Maas.


3. FROM THE BEGINNING- Which author have you been there for since their first release and are planning on sticking around with for many releases to come?

Sylvain Reynard; já mencionei que esta segunda trilogia não é tão fantástica como a primeira, mas gosto bastante (MUIIIIIIIIITO) da escrita dele e vou continuar a acompanhar


4. SECOND CHANCES- Which author did you not like the first book you read from them but are prepared to give another book by them a chance?

Agora assim de repente lembrei-me de José Saramago, que eu odiei com todas as forças do meu ser no Memorial do Convento, mas que estou super curiosa para ler As Intermitências da Morte

5. DON'T STOP- Which author who has stopped writing do you want to come out with more books?

Bem, não é livros mas é manga; a Ai Yazawa, autora de Nana) aka o meu manga favorito de sempre) esteve muito doente e o manga está há uns 6/7 anos em hiatus e segundo sei (pelos fóruns da net, que até podem nem ser fidedignos) ela já está em casa e bem melhor que já esteve, por isso eu espero que o Capítulo 85 de Nana esteja para breve.

6. WHY'D I WAIT- Which author do you wish you began reading from sooner?

Rick Riordan. Já disse mais do que uma vez que não é uma série que eu vá ler, e não é que eu a considere má, porque eu tive uma fase na minha pré-adolescência em que adorava mitologia de tudo e mais alguma coisa, e este autor tem mais que uma série sobre várias mitologias, mas acho que já vou atrasa demais para apanhar este comboio, se tivesse descoberto há uns bons 10 anos era bem capaz de me atirar de cabeça


BONUS QUESTION:
7. LITTLE BIBLIOPHILE- Which author was your favourite as a young reader?

J. K. Rowling, who else?

The Sims Book Tag!

Eu não sou uma pessoa de videojogos/jogos de computador. Contam-se pelos dedos de uma mão os jogos que eu acho piada. E isto não sou eu com nariz empinado a ser superiorzinha, eu realmente gostaria de ser uma gamer, só que eu vejo os trailers dos jogos, fico super entusiasmada, e depois vou jogar e ficou completamente destruída porque os gráficos são todos uma nhanha em comparação aos trailers (mas atenção, já há gráficos muito bons, só que nos trailers.. há mais fluidez nos movimentos, percebem??). Para terem noção do meu falhanço com jogos, eu tentei jogar League of Legends e desisti do tutorial porque estava farta de estar constantemente a ouvir "stay behind your minions". É... É que os trailers são tão fixes, lá na wikia de LoL tem tanta história, e depois chego ao jogo e é o jogo do "mata as torres", quase nem vejo os personagens, quanto mais as skins com as quais se gasta dinheiro, e a história aparentemente não serve para nada, só serve saber para que porra servem tantos quadradinhos de poderes do lado esquerdo. Enfim, se houvessem filmes de LoL, eu via!

Mas isto tudo para dizer que dos poucos que me chamam a atenção, Sims é daqueles que eu mais gosto, porque é um conceito tão simples mas que dá para muito (é quase como escrevermos nós uma história). Aliás a pequena eu apanhou vírus no pc por causa do Sims, mas isso é outra história (não saber distinguir más publicidades é o que dá).

Daí, quando vi que a Hailey tinha feito uma tag sobre Sims relacionada com livros, é claro que me propus a fazer, por isso vamos lá!

NOTA: para os interessados que queiram saber mais dos poucos jogos que eu gosto (e que jogo pessimamente) - Assassin's Creed (acho o conceito geral de todos espectacular, mas o Syndicate até agora foi o que gostei mais), Mortal Kombat (mais pelas Fatalities que por outra coisa), Call of Duty (que eu sou péssima, não acerto em quase nada, mas dá uma adrenalina fixe) e The Elder Scrolls (só joguei o Skyrim, mas foi awesome).

 

1. The original Sims: the best author debut.

 Bem, na verdade eu não tenho lido muitos "debut" ultimamente, apesar de ter alguns na TBR, portanto...

 

A Court of Mist and Fury

 

Autora: Sarah J. Maas

Sem Lançamento em Portugal aquando da Revisão

 

Sinopse

Feyre survived Amarantha's clutches to return to the Spring Court--but at a steep cost. Though she now has the powers of the High Fae, her heart remains human, and it can't forget the terrible deeds she performed to save Tamlin's people.

Nor has Feyre forgotten her bargain with Rhysand, High Lord of the feared Night Court. As Feyre navigates its dark web of politics, passion, and dazzling power, a greater evil looms--and she might be key to stopping it. But only if she can harness her harrowing gifts, heal her fractured soul, and decide how she wishes to shape her future--and the future of a world cleaved in two.

 


Opinião

O meu cérebro está frito, completamente. Vou tentar por as minhas ideias em ordem, mas não sei como isto vai correr. Este livro mudou-me muito, mesmo demorando duas semanas para o ler. Os meus sentimentos estão destroçados. Cuidados com os spoilers à frente, CUIDADO SPOILERS!!